Suspeitos detidos acusados do roubo da caminhonete em Rondonópolis - Foto: Varlei Cordova - AgoraMT
Suspeitos detidos acusados do roubo da caminhonete em Rondonópolis – Foto: Varlei Cordova – AgoraMT

Dois rapazes foram presos acusados de terem participado do roubo de uma caminhonete de um fazendeiro que ocorreu na noite desta sexta-feira (10) (leia aqui). A Polícia ainda procura por outras cinco pessoas que fazem parte desta quadrilha que praticava roubos de veículos e de residências em Rondonópolis.

De acordo com um dos investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), essa quadrilha já vinha sendo monitorada devido a outros roubos que vinham ocorrendo na cidade. Os membros da quadrilha se encontravam em uma residência de uma menor, localizada no Jardim Liberdade, local que estava sendo monitorado pela Polícia.

Ontem a Polícia desconfiou que os integrantes iam fazer mais uma vítima e por isso ficaram em alerta e conseguiram prender dois dos suspeitos após o roubo da caminhonete.

O veículo foi recuperado próximo a Cuiabá, quando o tenente Bispo da Polícia Militar que já havia sido informado do caso, viu quando a caminhonete passou e juntamente com outros policiais seguiram e fizeram a abordagem. Os suspeitos que estavam no veículo conseguiram fugir.

Leia também:  Cuiabá | Esposo de aluna é suspeito de mandar matar personal
Veiculo gol utilizado para o roubo da caminhonete em Rondonópolis - Foto: Varlei Cordova - AgoraMT
Veiculo Gol utilizado para o roubo da caminhonete em Rondonópolis – Foto: Varlei Cordova – AgoraMT

Segundo as investigações no caso de ontem houve a participação de três suspeitos, sendo eles Ângelo de Oliveira Amorim, Alan e um menor. Os três foram os que efetuaram o roubo da caminhonete. Desses três foram detidos Ângelo e o menor, já Alan está foragido. Um outro suspeito foi identificado como Boladão que era o responsável em levantar as informações sobre as possíveis vítimas e passar os locais para ocorrer os crimes.

Também haviam mais duas pessoas que eram responsáveis por levar os veículos até Cuiabá, eles agiam como motoristas dentro da quadrilha, além de mais uma pessoa que não foi informado a sua função. Dois já foram identificados e estão sendo procurados pela Polícia.

Leia também:  Carcaça de veículo roubado é encontrada em lixão de Rondonópolis

Ângelo confessou que participou da ação, mas ele afirmou que a sua função neste crime foi apenas levar os comparsas para fazer o roubo. Em seu depoimento a imprensa, Ângelo acusou Alan (foragido) como sendo o mentor do crime.

“Eu vou ter um filho, estou desempregado e precisando de dinheiro. Minha ex-mulher me ligou pedindo um monte de coisa e eu não tenho dinheiro, por isso aceitei participar da ação. Mas eu não roubei, nem agredi, eu só levei eles no local”, afirmou.

Ângelo também alegou que as agressões sofridas pelo fazendeiro durante a ação foram causadas por Alan. “Eu não queria que ele batesse no ‘velho”, falamos para ele parar, mas Alan estava muito estressado e falou pra gente se calar, enquanto dava socos e pontapés na vítima”, explicou.

Ele disse ainda que os três tentaram abordar outro veículo antes do fazendeiro, mas que acabou não dando certo.

Leia também:  Idoso cai em emboscada, tem veículo roubado e é mantido como refém em Rondonópolis

Já o menor detido declarou que o mentor do crime na verdade foi Ângelo, porém que quem agrediu o fazendeiro foi realmente Alan. “O Boladão passou o local pra nós, ai nós fingimos que o nosso carro havia estragado, quando o fazendeiro abriu a porteira a gente pegou ele. Na hora de deixar a vítima que foi amarrada, eu e Ângelo pedimos para Alan não bater nele, mas ele não nos ouviu e o agrediu”, contou.

Os acusados já possuem várias passagens pela Polícia, entre os crimes estão tráfico de drogas e roubo. Ângelo saiu a poucos dias do anexo da Mata Grande.

A Polícia Militar também deu apoio no momento de deter os suspeitos, assim como a Delegacia do Adolescente. Os dois detidos foram levados para a 1ª Derf para as devidas providências. As informações constam em Boletim de Ocorrência.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.