Estelionatários detidos pela PM em Rondonópolis - Foto: Varlei Cordova - AgoraMT
Estelionatários detidos pela PM em Rondonópolis – Foto: Varlei Cordova – AgoraMT

A guarnição da Polícia Militar foi acionada hoje (14), por volta das 8h30 para atender uma ocorrência em um hotel, de Rondonópolis, onde o dono do estabelecimento relata que um grupo de hóspedes no total de 13 adultos e três crianças, estariam hospedados, há oito dias e até o momento não havia recebido o valor referente a nenhuma diária. Quando a vítima foi conversar com a mulher que havia feito as reservas, foi hostilizado por ela, que se dizia ser juíza de direito e que seu advogado iria acertar toda a conta.

A suposta “juíza” (Telma Aparecida Pereira Lima, 32 anos), quando percebeu que a vítima estava acionando a polícia, simulou estar passando mal e foi encaminhada para receber atendimento na Santa Casa de Rondonópolis.

A guarnição conversando com outras pessoas que estavam hospedados no hotel, constataram que os membros da quadrilha, liderada por Telma faziam diversas promessas de empregos na cidade, as oito vítimas vieram da cidade de Lucas do Rio Verde (MT). O restaurante ao lado do estabelecimento também sofreu um golpe, pois todos que estavam hospedados no hotel, teriam almoçando e jantando durante os oito.

Uma equipe da PM se deslocou até o hospital onde a suposta juíza estava sendo atendida por conta de uma suposta gravidez, ela tentou intimidar os policias dizendo que não poderiam se aproximar, pois era juíza.

Em uma rápida entrevista pelos policiais, constataram que se tratava de uma história fantasiosa e após diversos exames feitos pela equipe médica, certificaram que ela não tinha nenhum problema de saúde e que não estava grávida, mesmo a mulher apresentando um comprovante de acompanhamento de pré-natal.

A quadrilha era composta por seis membros: Almir Alves Viera, 32 anos, Anderson de Santana Silva 25 anos, Eurico Alves Vieira, 40 anos, Joel Liar de Santana, 47 anos e Telma Aparecida Pereira Lima, 32 anos.

Esta matéria foi confeccionada de acordo com os dados do boletim de ocorrência de nº: 2017.87640

COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.