O número de acidentes nas rodovias federais que passam por Rondonópolis caiu 20% durante o feriado de Carnaval no ano de 2017 em comparação com 2016. As informações foram repassadas pelo chefe de operações de policiamento e fiscalização, Francisco Élcio Lucena.

De acordo com as informações, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) não registrou nenhuma morte nas rodovias que passam por Rondonópolis durante o feriado nos dias 25 a 28 de fevereiro. Já nesta quarta-feira (1) um homem morreu após ser atropelado no km 185 da BR-364. O suspeito e a vítima ainda não foram identificados.

Os dados mostram que 1.638 veículos foram abordados e checados, 1.826 pessoas foram fiscalizadas, 1 veículo foi recuperado, 8 pessoas foram presas, 177 motoristas foram notificados por ultrapassagens irregulares e 7 acidentes foram registrados.

Leia também:  Guiratinga | Comerciante é preso ao usar bicicletaria como boca de fumo

Francisco Élcio ressalta que 80% dos acidentes e notificações são causadas devido ao comportamento dos motoristas que muitas vezes abusam da velocidade e de outros atos irregulares.

BRASIL

As mortes nas estradas federais durante o feriado de Carnaval aumentaram 30% em 2017 em comparação com 2016. Os casos de imprudência e bebida no volante estão entre as causas das tragédias.

De acordo com um balanço registrado pela PRF, 106 pessoas morreram nas estradas do país durante o período de Carnaval. Já no ano de 2016, 81 mortes foram registradas.

A PRF afirma que a maioria dos acidentes acontecem quando o motorista está perto do destino, momento em que vem o cansaço, ansiedade e muita gente se arrisca em ultrapassagens proibidas.

Leia também:  Polícia Civil prende homem por sequestro e cárcere privado de adolescente em Barra do Garças

Em quatro dias de operação a PRF registrou quase 7 mil ultrapassagens proibidas pelo país, 16% a mais que em 2016, quando foi registrado pouco mais de 6 mil ocorrências.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.