O médico e professor universitário Wanderlei Pignati, que realiza pesquisas sobre os impactos dos agrotóxicos em regiões do Estado, alertou as autoridades do município de Sorriso sobre uma possível relação com as mortes fetais na cidade. Em 10 dias cinco mulheres sofreram com as interrupções da gravidez ainda sem explicação.

Segundo o professor, é importante investigar a situação clinica desses fetos em relação a má formação e onde as mulheres moram, se fica perto de regiões de lavoura onde são usados os venenos agrícolas.

O caso está sendo investigado pelo Ministério Público e pela Polícia Civil.

PESQUISAS

O professor já ficou conhecido por conduzir a pesquisa que apontou a presença de resíduos de agrotóxicos em leite materno de mãe que moram em regiões de lavoura no Estado. A pesquisa já está na segunda fase e com novos testes.

Leia também:  Acidente na BR-163 deixa um homem morto; condutor do outro veículo fugiu
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.