Os servidores do Detran de Mato Grosso decidiram em assembleia geral realizada na última semana a adesão à greve geral que acontecerá em todo o Brasil no próximo dia 28 de abril, cruzando os braços por 24 horas.

“Nossa categoria se juntará, mais uma vez, a todos os trabalhadores de todo o Brasil contra o desmonte da previdência social, dos direitos trabalhista e contra a terceirização. É nossa responsabilidade enquanto trabalhadores a luta pela manutenção dos direitos conquistados a duras penas por nossa classe em mais de um século de luta”, afirma Daiane Renner, presidente do Sindicato dos Servidores do Detran-MT (Sinetran-MT).

A paralisação unificará as diversas categorias em todo o Brasil. Trabalhadores do estado e setores estratégicos da produção capitalista do país contra as reformas e leis que retiram direitos dos trabalhadores.

Leia também:  Dupla rouba malotes de dinheiro que pagariam fiscais de concurso em Cuiabá
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.