O Dia da Liberdade de Impostos (DLI) será marcado em Rondonópolis com a venda de 10 mil litros de etanol sem a incidência de impostos, o que acarretará uma redução de 32% no litro do produto. A parceria que possibilitou este tipo de negócio foi firmada entre a CDL Jovem, o Posto Campeão e o Sindipetróleo. Somente neste dia, o etanol terá o preço inferior a R$ 2,00.

O etanol livre de imposto será vendido numa única bomba no Posto Campeão, até enquanto durar o estoque, a partir das 6 horas do dia 1º de junho. A redução no preço final é forma de protesto pela quantidade de impostos que os brasileiros pagam e pela a má qualidade dos serviços prestados pelos órgãos públicos.

Leia também:  Confira as vagas de emprego desta segunda (29/05/17) em Rondonópolis

A presidente da CDL Jovem de Rondonópolis, Thaís Fagotti, destaca que o objetivo da ação é mostrar para o consumidor final quanto se paga de imposto sobre cada produto que compramos. “Estamos disponibilizando informações da carga tributária de vários produtos no facebook da CDL Jovem e também um selo para os lojistas que queiram informar quanto pagam de imposto sobre os produtos que comercializam”. A Casa do Caçador, o Tropical Supermercados e a Operário Materiais de Construção vão informar a tributação de alguns produtos no dia 1º de junho.

Thaís lembra que a CDL Jovem não está incentivando o não pagamento de impostos, mas protestando pela forma como o dinheiro é aplicado. “Queremos serviços de saúde, de educação e transporte dignos para a população. Se os serviços fossem melhores e todos fossem beneficiados, as empresas teriam maior produtividade, os colaboradores trabalhariam melhor, o país seria melhor”.

Leia também:  Papo Empresarial discute hoje como cumprir metas

DLI no Brasil

O Dia da Liberdade de Impostos será marcado por protestos em várias cidades do Brasil com ações desenvolvidas pelas CDLs Jovens. Confirmaram ações para o dia 1º de junho os jovens empreendedores de Goiás, Mato Grosso, Amazonas, Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Amapá, Ceará, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Distrito Federal. A maioria com descontos em etanol e gasolina.

Brasília

O Peugeot 208 será vendido em Brasília por R$ 37 mil, bem mais baixo que os R$ 52 de tabela, isso porque a concessionária aderiu à campanha e retirou preço final do carro os 28% de impostos. Vale lembrar que quem participa da ação paga os impostos e reduz o preço relativo ao que é pago aos poderes públicos como forma de protesto.

Leia também:  Comércio lidera geração de empregos em Nova Mutum

Imagem: imposto banner

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.