Adam West morre aos 88 anos - Divulgação
Adam West morre aos 88 anos – Divulgação

O eterno Batman deu adeus à capa, à máscara e aos grandes fãs da série nesta sexta. O ator norte-americano Adam West, que interpretou o Homem-Morcego na série televisiva do personagem entre 1966 e 1968, morreu aos 88 anos, após batalha contra a leucemia. Ele deixa a terceira esposa, Marcelle, seis filhos, cinco netos e dois bisnetos.

A interpretação ágil e bem-humorada de Batman acabou marcando a carreira de William West Anderson, seu nome verdadeiro. Nascido em 19 de setembro de 1928 em Walla Walla, Washington, ele chegou a se formar em Literatura e Psicologia antes de atuar profissionalmente. Em 1959, já casado e com dois filhos, mudou-se para Hollywood para tentar a sorte.

Apareceu em filmes como ‘O Moço de Filadélfia’ (1959) e, na sequência, acumulou papeis em produções de TV sobre o Velho Oeste. Também foi coadjuvante em dois episódios da série ‘Perry Mason’, em 1961 e 1962.

Leia também:  Trump chega a Las Vegas para encontrar sobreviventes do maior ataque já ocorrido nos EUA

Um aparição de West como o agente Capitão Q numa propaganda do achocolatado Quik, da Nestlé, fez com que o produtor William Dozier o chamasse para interpretar o Batman na série de TV homônima, ao lado de Burt Ward (Robin), Julie Newmar (Mulher-Gato) e Cesar Romero (Coringa).

A telessérie ‘Batman’, exibida diversas vezes no Brasil, marcou a cultura pop por causa de suas cenas de luta, com onomatopéias tiradas das revistas em quadrinhos (“crash!”, “boff!”, “bam!”). A série era transmitida duas vezes por semana e a equipe filmava até 14 horas por dia.

VIDA PÓS-BATMAN
Nos cinemas, após o sucesso de ‘Batman’, West esteve também em filmes como ‘Só o Casamento Nos Separa’ (1971), ‘O Especialista’ (1975), ‘Hooper, O Homem das Mil Façanhas’ (1978, no qual interpretou a si próprio). O sucesso de ‘Batman’ o credenciou para filmes televisivos e seriados. ‘Bonanza’, ‘O Barco do Amor’, ‘Police Woman’, ‘A Ilha da Fantasia’ e ‘Zorro’ foram séries que tiveram West em papéis signficativos ou mesmo em atuações-relâmpago. Mais recentemente, West participou da série ‘Big Bang Theory’. Também fez vozes em vários videogames — em 2014, apareceu em ‘Lego Batman 3: Beyond Gotham’, da Traveller’s Tales, interpretando o Batman dos anos 1960 e a si próprio.

Leia também:  Aviões elétricos devem estar disponíveis no mercado até 2022

“UM REI ATÉ O FIM”
Atores, roteiristas e cineastas despediram-se de West nas redes sociais. Kevin Smith, que acumula todas essas funções, escreveu no Instagram: “Oh Batman, my Batman”, em referência ao “Oh captain, my captain’ do filme ‘Sociedade dos Poetas Mortos’. E continuou: “Adam West, o homem cujo retrato da justiça mascarada me fez querer ser uma boa pessoa quando garoto”.

Burt Ward, o Robin de ‘Batman,’ divulgou comunicado: “Estou devastado pela morte de um dos meus amigos mais queridos. Adam e eu tivemos uma amizade especial por mais de 50 anos (…) Aos meus olhos só existe um verdadeiro Batman e esse sempre será Adam West. Ele era mesmo o Cavaleiro Iluminado”. Julie Newmar, a Mulher-Gato do programa, afirmou que West era “exemplar, um rei até o fim. Ele era brilhante, espirituoso e divertido para trabalhar”. No Brasil, Pablo Peixoto, do canal de cultura pop ‘Qu4tro Coisas’, divulgou uma foto de um boneco do personagem e escreveu: “RIP #AdamWest, maior, melhor e eterno Batman, que nos deixa pra colocar uma fita na casa do Coringa em outro plano”.

Leia também:  Diante a crise lotes de coelhos são entregues para consumo alimentar na Venezuela

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.