Imagem: CARRO
Veículo recuperado – Foto: PJC

A Polícia Judiciária Civil de Primavera do Leste recuperou, neste domingo (04), um veículo roubado na cidade de Rondonópolis, poucas horas após o crime. A ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos e Delegacia Regional de Primavera do Leste levou a prisão, José Eduardo Lima Ferreira, 29 anos, conhecido como “Vovozona”, apontado como autor do crime.

O roubo do veículo Toyota Corolla aconteceu por volta das 23 horas, em Rondonópolis, quando a vítima saía de uma casa de eventos e foi abordada pelo suspeito em posse de uma arma de fogo. Após anunciar o roubo, o criminoso obrigou a vítima a sentar no banco do passageiro e tomou a direção do veículo sentido a Cuiabá. A vítima foi deixada amarrada no Anel Viário a cerca de 5 Km da BR-364, sentido a Poxoréu.

Leia também:  Carregadores e 24 celulares são encontrados dentro Freezer em cadeia

Assim que a equipe da Derf de Primavera do Leste foi informada via 197 sobre o roubo, iniciou as diligências conseguindo informações que apontavam José Eduardo como autor do assalto, uma vez que o suspeito estava atuando em vários roubos de veículos na região. Logo no início da manhã, as equipes policiais avistaram o criminoso com o veículo roubado entrando na casa de sua namorada em Primavera do Leste.

No momento da abordagem policial, o suspeito tentou fugir correndo a pé, mas acabou detido. Em buscas no interior do veículo, os investigadores encontraram um revólver calibre 22. Em interrogatório na delegacia, José Eduardo confessou a autoria do roubo, sendo autuado em flagrante pelo crime.

Leia também:  Detentos da penitenciária de Cuiabá cria grupo em WhatsApp para combinar crimes

Segundo a delegada Anamaria Machado Costa, o acusado já era investigado pela Polícia Civil pela atuação em crimes de roubo e homicídio em Rondonópolis e Primavera do Leste. “Neste caso específico, ele além de roubar, maltratou e humilhou a vítima. Graças a ação rápida da equipe da Derf com apoio da Delegacia Regional foi possível realizar a prisão do criminoso, considerado de alta periculosidade”, destacou a delegada.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.