Bom dia, boa tarde, boa noite, boa madrugada, povo maravilhoso do Mato Grosso, estou há dias longe daí, e sinto saudades, esse Estado tem um povo maravilhoso, acolhedor e próspero.

Para quem não conhece eu vou explicar para vocês como funciona a coluna, aqui falamos do direito do seu dia a dia, sem complicações ou palavras difíceis, aqui o direito que lhe fortalece, e faz de você cidadão.

Nessa coluna ensinarei vocês a fazer provas, para poder convencer um juiz e a pressionar a outra parte, quando você tem tudo provado e documentado, normalmente nem precisa procurar a justiça, porque a pessoa sabe que vai perder e acaba fazendo um acordo.

O trânsito de Rondonópolis é um dos piores do Brasil, como nós crescemos muito rápido, as pessoas da nossa cidade e região ainda tem um pensamento interiorano e não um pensamento de pólo ( lugar que concentra o poder de uma região).

O nosso caso é ainda pior, porque como somos a cidade mais poderosa do Brasil, não aprendemos ainda a malícia que o crescimento trás. (somos a cidade mais poderosa do Brasil porque temos três senadores da mesma cidade e nenhuma outra cidade no Brasil tem isso).

Mas os senhores estão aqui para aprender a provar as coisas, não me esqueci, antes queria só falar para os senhores, o que aconteceu com uma amigo no trânsito e como saber fazer a prova é muito importante.

Leia também:  A taxa do lixo | Entendendo Direito

Meu cliente me liga e diz que acabou de acontecer um acidente, que uma pessoa bateu na sua moto, e que o prejuízo material foi grande, pergunto se ele fez prova do acontecido e ele diz que sim, onde já se viu, claro que sim.

Pois bem recebo a foto no “zap” e para meu espanto é uma foto de uma moto no chão toda amassada, vazando gasolina, meu amigo pensou que havia feito a prova, mas não fez, não havia foto do outro carro, não havia foto do entorno, nem fotos mais amplas que permitiriam ao juiz decidir, só a foto de uma moto amassada no chão.

Os senhores tem que entender, que quando os senhores forem fazer um negócio, esse negócio é um fato, (existe também o conceito de ato jurídico, mas os senhores não precisam conhecer os pormenores a palavra fato é melhor conhecida da população).

Estes fatos tem que serem provados, nunca confie na memória para provar os fatos, busque sempre fazer provas de tudo, se os senhores puderem provar os fatos, serão sempre a parte forte dentro do negócio ou da vida.

Leia também:  O filho da desembargadora preso | Entendendo Direito

O Código Civil mostra como devem ser provadas os fatos da vida.
Art. 212. Salvo o negócio a que se impõe forma especial, o fato jurídico pode ser provado mediante:

I – confissão;

II – documento;

III – testemunha;

III – testemunha;

IV – presunção;

V – perícia.

Então é importante compreender que tem coisas que só se provam de maneira específica, como a compra e venda de uma casa só se prova com o registro no cartório de registro de imóveis, servindo o contrato de gaveta apenas como indício do negócio e não prova.
Indício seria uma semi prova, algo que dá a entender ao juiz que provavelmente quem esta alegando, esta falando a verdade, mas os senhores estão aqui para aprender na provar.

Os senhores podem fazer a prova com a confissão da outra parte, uma forma de fazer a confissão é gravar a pessoa, qualquer um tem um celular com câmera hoje.

Os senhores podem fazer a prova via documento, onde a pessoa assina confirmado o que esta escrito no documento, para mostrar ao juiz o documento tem que ter duas testemunhas, que não precisam ter visto o negócio ou saber se os fatos são verdadeiros ou não, tem que apenas assinar o documento antes de mostrar ao juiz.

Leia também:  Direito da mulher que adota | Entendendo Direito

Nos documentos é muito importante assinar em todas as folhas, veja bem não é “vistar” as folhas é assinar todas as folhas, e sempre reconhecer firma em cartório, aí é “batom na cueca”.

As testemunhas são o pior tipo de prova que existe, nunca confie nas testemunhas, sempre que você puder fazer a prova de outro jeito faça, as testemunhas mentem, esquecem, se confundem, tem que ser evitado de todo o modo fazer a prova assim, prefira sempre filmar a situação, mostrando amplamente o lugar, filmando um outro celular para o juiz saber que dia e horas são, filmar a placa da rua e a fachada das casas para o juiz entender onde é que aconteceu o fato.

Os outros dois meios de prova pericio a presunção são demasiados complexos para essa coluna e para a vida dos senhores, não falaremos delas aqui.

Faça isso e o senhor não terá medo de entrar em negócio algum, e os senhores serão a parte mais forte.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.