Imagem: material apreendido
Reprodução: Força Tática

Policiais da Força Tática da Polícia Militar em Várzea Grande (a aproximadamente 230 km de Rondonópolis) desmantelaram uma quadrilha suspeita de tráfico de drogas, composta por dois homens e duas mulheres, e apreenderam 59 tabletes de maconha em três pontos da cidade.

As prisões ocorreram no final da tarde de ontem (19), após denúncia anônima informando que um veículo estaria fazendo o transporte de droga próximo ao terminal de ônibus André Maggi.

Uma guarnição que realizava patrulhamento na região abordou um carro com as mesmas características. No veículo estavam Mayara Stephany da Silva, de 22 anos, e o condutor Willian Santos Nascimento de Souza, de 28 anos. Durante busca no interior do automóvel os policiais encontraram 40 tabletes de maconha escondidos atrás do banco traseiro. Já no porta-luvas havia um revólver calibre 32.

Leia também:  Após ser agredida, mulher é acusada de esfaquear e matar namorado

Questionados sobre o destino da droga, Willian disse que dez tabletes seriam entregues a uma mulher no bairro Jardim Primavera. Uma segunda guarnição da Força Tática se deslocou até a residência apontada, onde apreendeu quatro tabletes e outras três porções médias de maconha.

A moradora da residência, identificada como Janaina Miranda da Silva, de 22 anos, relatou que estava agindo sob o comando do marido que está preso na Penitenciária Central Pascoal Ramos e que precisava fazer uma transferência de dinheiro para conta dele.

O condutor do veículo, Willian disse ainda que outros 15 tabletes da droga estariam enterrados em um terreno baldio no centro da cidade. Em seguida a equipe foi até o local e se deparou com Roberty Batista de Góes, de 27 anos, próximo de uma arvore. Segundo ele, estava ali para vigiar o entorpecente. Os policiais desenterraram a maconha.

Leia também:  Dupla é presa e menor apreendida por suspeita de tráfico de drogas no Jardim São Sebastião

Além da droga e o revólver, os policiais apreenderam duas balanças, quatro aparelhos celulares, um caderno com diversas anotações decorrentes do tráfico e mais de R$ 2 mil em dinheiro.

Os presos, a droga e demais materiais foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Várzea Grande.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.