Embora na última sexta-feira (02) o Ministério da Saúde tenha liberado para todas as pessoas a vacinação contra a gripe a partir desta segunda-feira (05), o Estado de Mato Grosso irá manter o calendário de vacinação para os grupos de risco até a próxima sexta-feira, dia 9 de junho. Assim como vários outros Estados, a cobertura vacinal para estes grupos ainda é baixa e não atingiu o índice satisfatório de 90%.

Nesta segunda-feira (05), a Coordenação de Vigilância Epidemiológica enviou um memorando para os diretores dos 16 Escritórios Regionais de Saúde orientando que a campanha continue até o dia 9 com o público alvo – crianças entre seis meses e menores de 5 anos, gestantes, puérperas até 45 dias pós-parto, idosos a partir de 60 anos, doentes crônicos (mediante prescrição médica), profissionais de saúde, indígenas e professores em atividade.

Leia também:  Paranatinga e Juscimeira recebem Ações Integradas de Cidadanias

“Mato Grosso é o quarto Estado com a menor cobertura no País. O Ministério da Saúde já havia decidido pela prorrogação até o dia 9 para os grupos de risco, por isso vamos manter essa prioridade. Nesta semana vamos organizar a logística para que a partir da próxima segunda-feira, dia 12, a vacinação seja estendida para as outras pessoas”, explicou a superintendente de Vigilância em Saúde, Maria de Lourdes Girardi.

Mato Grosso recebeu 858 mil doses da vacina do Minsitério da Saúde. Até a última sexta-feira, o Estado havia vacinado 465.400 pessoas do público alvo, totalizando 68,6% de cobertura vacinal, bem abaixo da preconizada que é vacinar 90% do público alvo. A recomendação da Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica é que compareçam às unidades de saúde até esta sexta-feira (09) apenas o público alvo da campanha.

Leia também:  Sema investe R$ 1,3 milhão em projeto de gerenciamento de recursos hídricos

A ampliação da oferta da vacina da gripe para os demais grupos acontecerá a partir da próxima segunda-feira, dia 12, sendo que somente o quantitativo residual estará disponível para vacinação, não correndo o envio de doses adicionais pelo Ministério da Saúde.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.