Tabata Brandão de 30 anos, foi assassinada com quatro tiros no início da manhã de hoje (25), no Bairro Belo Horizonte em Rondonópolis.

Uma equipe da Polícia Militar (PM) foi acionada, mas quando chegou ao local a vítima estava sem vida. Nenhum suspeito foi encontrado na região.

De acordo com a PM, o homicídio ocorreu por volta de 5h30 na rua 19 de novembro.

Testemunhas disseram que uma moto de cor escura, se aproximou, abordou Tabata, efetuou os disparos contra ela e evadiu-se local que fica atrás de uma empresa de sementes.

O corpo da vítima foi encaminhado para perícia no Instituto Médico Legal (IML) de Rondonópolis.

Leia também:  Motociclista morre após colidir em carreta no Anel Viário

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Rondonópolis começou a investigar o caso.

A ONG Livre-Mente, que defende direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT’s) relatou que soube da morte e busca reunir mais informações sobre o caso.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), declarou que também vai investigar a morte de Tabata.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.