No último fim de semana uma guarnição da Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de desobediência por ordem judicial de medida protetiva, por volta das 2h da manhã, na avenida Lions Internacional, na Vila Aurora em Rondonópolis (MT).

De acordo com os dados constatados no boletim de ocorrência, uma testemunha diz que acionou a Polícia Militar, pois o ex companheiro da vítima, estava com o carro do outro lado da avenida, modelo Corolla na cor branca, parado a cerca de 40 minutos, observando a ex mulher, que tem 37 anos e estava em uma festa com amigos, o casal está separado há cerca de dois anos.

Leia também:  Jovem sofre tentativa de homicídio no Jardim Atlântico

O indivíduo de 60 anos, não cumpriu a ordem judicial por medida protetiva, que deixa claro que ele não deve se aproximar menos de 100 metros da ex mulher. A guarnição da PM, fez abordagem ao homem, que relatou aos policias que estava ali para saber que horas a mãe de sua filha iria retornar para a residência, alegando que a menina de 17 anos, estava sozinha em casa.

Diante dos fatos e por ter caído em contradição por diversas vezes aos policias, o homem foi encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia, por não cumprimento e desobediência da medida protetiva de ordem judicial.

Lei Maria da Penha

Imagem: lei maria da penha
Reprodução

Esta matéria tem como objetivo, o alerta para mulheres que se sentem ameaçadas de alguma forma por seus ex companheiros e que em muitos casos são agredidas emocionalmente, moralmente ou verbalmente. A Lei Maria da Penha de número: 11.340, decretada em 7 de agosto de 2006, serve também para esses casos de desobediência por ordem judicial de medida protetiva.

Leia também:  Peça de caminhão atinge carro de passeio e criança de 7 anos morre na BR-364

Este fato foi confeccionado com os dados relatados no B.O. de número: 2017. 195057

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.