O ex-prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz (PPS), já começou a trabalhar para abrir caminhos para as Eleições de 2018, tudo indica que Muniz, atualmente fora do cenário político, irá voltar no próximo ano como candidato a deputado estadual. Com o foco em 2018, Muniz que é o presidente estadual do PPS, dá sinais de que o seu Partido não irá embarcar no projeto de reeleição do governador Pedro Taques (PSDB).

Muniz fez críticas ao atual Governo dizendo que Taques priorizou somente o seu discurso de combate a corrupção e que acabou se esquecendo que é preciso dar prioridade ao desenvolvimento do Estado. “Acho que hoje a população busca uma postura, principalmente de desenvolvimento do Estado. Mato Grosso não pode ficar paralisado em alguns segmentos”, alegou.

Leia também:  Nortox rebate MP e afirma ter todas as licenças

Ao destacar um perfil de como deve ser o próximo governador, Muniz, fez uma comparação ao ex-presidente do Uruguai, José Mujica. “O Governo deveria ouvir mais e falar menos. Deveríamos ter um perfil mais ou menos como o Uruguai teve, com a presidência do Mujica. Aquele perfil que a população tá querendo, alguém que seja humilde, simples e, ao mesmo tempo, do cidadão que está construindo este Estado”, pontuou.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.