Os serviços de confecção de boletins de ocorrência e atendimentos gerais de polícia judiciária foram levados para moradores da Gleba Rio Vermelho, em Rondonópolis (212 km ao Sul), durante mutirão realizado ontem (08), na escola  Professora Dersi Rodrigues de Almeida, que atende alunos da comunidade.

O trabalho mobilizou investigadores e escrivães Base Comunitária Salmen, Delegacia de Defesa da Mulher e da Delegacia Regional, que além do atendimento policial, os servidores da Polícia Judiciária Civil entregaram cartilhas orientativas sobre o consumo de álcool e drogas, do programa De Bem Com a Vida, folder de violência doméstica, com informações básicas de procedimentos, telefones de emergência e endereços das Delegacias da Mulher instaladas em Mato Grosso.

Leia também:  Caps AD realiza Olimpíadas Esportivas nesta semana
Imagem: IMG 20170608 WA0022
Reprodução: PJC

A ação comunitária foi a primeira realizada na Gleba Rio Vermelho, em parceria da Prefeitura de Rondonópolis, por meio das Secretarias de Agricultura, Saúde, Cultura, Assistência Social e Meio Ambiente, Sindicato Rural, Junta Militar, Polícia Civil e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT).

Durante todo o dia, os moradores receberam também atendimentos médicos e odontológicos, aferição de pressão, testes rápidos, exames, vacinação, distribuição de mudas, corte de cabelo, cadastro do Programa Bolsa Família, alistamento, serviço de inspeção municipal, visita técnica, distribuição de cartilha, além de atividades culturais, práticas esportivas, palestras, entre outros.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.