Equipes de resgate estão prestando atendimento e buscas sobreviventes - Foto: Baz Ratne/ Reuters
Equipes de resgate estão prestando atendimento e buscas sobreviventes – Foto: Baz Ratne/ Reuters

Ao menos 15 pessoas estão desaparecidas depois que um edifício de sete andares desabou em Nairobi, no Quênia, nesta terça-feira (13), informam as agências internacionais de notícias.
O surgimento de rachaduras no prédio fez com que uma operação de emergência, realizada por autoridades locais, retirasse várias famílias que viviam no prédio pouco antes do desabamento.

Equipes de resgate e da Cruz Vermelha foram mobilizadas para prestar socorro e encontrar sobreviventes.
De acordo com a Associated Press, quatro milhões de habitantes de Nairobi vivem em áreas de baixa renda ou favelas. Como a demanda por habitações é muito elevada e o controle nas construção é precário.

Por isso, as construtoras muitas vezes ignoram as regras de segurança e os colapsos de construção são comuns.

Leia também:  Marinha da Argentina cessa as buscas por 44 pessoas desaparecidas em submarino

Depois que oito edifícios desabaram e mataram 15 pessoas no Quênia em 2015, o presidente Uhuru Kenyatta ordenou uma auditoria de todos os edifícios do país para ver se eles respeitavam as normas.
A autoridade nacional da construção descobriu que 58 % dos edifícios em Nairobi são impróprios para habitação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.