Imagem: Desaparecido
Foto: Reprodução

Sete horas depois de recomeçarem as buscas na manhã desta segunda-feira (05), homens do Corpo de Bombeiros Militares de Goiânia encontraram, no Rio Araguaia, o corpo de Antônio João Batista da Silva, conhecido como Toninho do Naja Moto Táxi, 65 anos. Ele estava desaparecido desde a sexta-feira (02), quando saiu de casa em Santa Rita do Araguaia (GO), por volta das 07h10min.

O corpo foi localizado pouco abaixo da região conhecida como Estreito dos Malaguetas, fundos do Araguaia Tênis Clube (ATC), cerca de 4 km do ponto onde familiares acreditam que ele tenha entrado no rio.

As suspeitas que ele tenha se afogado foram reforçadas após familiares encontrarem os chinelos que ele usava às margens do Rio Araguaia ainda em Santa Rita. Quatro homens do Corpo de Bombeiros se deslocaram para a região para iniciar as buscas.

Leia também:  Caminhoneiro é resgatado após ser mantido refém por 12 horas

 

O segundo-tenente do Corpo de Bombeiros, Barbosa Santos, disse que as buscas foram divididas. Enquanto dois se concentraram em busca com apoio de uma embarcação da ponte do Rio Araguaia até a foz do Córrego Boiadeiro, outros dois soldados bombeiros faziam o trecho entre o Balneário do Assis e a ATC a pé por terra e por água.

Foi nesta localidade que foi encontrado o corpo de Toninho. Eles passaram pela localidade ao menos três vezes até a localização. “As buscas tiveram início por volta das 07h. Uma das maiores dificuldades é que o rio é de corredeira”, explicou. O Instituto Médico Legal (IML) e a Perícia Técnica Científica de Mineiros foram acionados para os procedimentos e posterior liberação do corpo para sepultamento.

Leia também:  Mulher sofre tentativa de estupro na Vila São Francisco em Rondonópolis

“De certa forma nos sentimos mais aliviados, porque até então existia uma interrogação: será que está na água ou não? O que sabíamos desde o desaparecimento era que ele tinha vindo em direção ao Rio Araguaia, mas ontem [domingo] encontramos o chinelo dele próximo o barranco do Rio Araguaia. A partir daí nós formamos a convicção que ele estaria na água. Foi quando acionamos os Bombeiros, começaram as buscas e graças a Deus foi encontrado próximo à ATC”, disse Uilham José da Silva, irmão de Toninho.

Toninho deixa sete filhos e netos. “O momento é difícil, mas quero agradecer a cada um que se envolveu neste sentimento e nesta busca na intenção de encontra-lo o mais rápido possível. Foi uma busca angustiante”, completou o irmão.

Leia também:  Bebê é atropelado por menino de 11 anos em comunidade rural de MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.