Imagem: Câmara Rodrigo
Foto: assessoria

Os vereadores fizeram um requerimento solicitando a presença, na Câmara de Rondonópolis, dos secretários municipais envolvidos na organização da festa popular Rondofolia. Recentemente, chegou ao conhecimento dos vereadores a falta de pagamento a alguns profissionais que prestaram serviços na festa. Por este motivo, os legisladores pediram a presença dos secretários para esclarecem os motivos da falta de pagamento.

“Não é só neste caso que a prefeitura está pecando. Os vigilantes não receberam suas horas extras do início do ano até hoje. Esse benefício corresponde a quase 50% do salário destes servidores. O valor foi cortado sem ao menos avisar o motivo e, muito menos, foram avisados, antes de prestarem os serviços, que não mais seriam ressarcidos por trabalharem fora do horário contratual”, disse Zaeli.

Leia também:  Vereador Thiago Silva propõe criação de Programa de Educação Financeira

Ele também explicou que a denúncia feita aos vereadores, por meio de documento, contém em texto a citação de que haveria indícios de fraude em uma das licitações feitas pela administração municipal para atender o carnaval. “Isso nos preocupa. Aprovamos uma suplementação de R$ 300 mil para pagar os trios elétricos e os profissionais da segurança. Sei que este dinheiro foi usado corretamente, mas as dúvidas que pairam em muitos cidadãos nos deixaram preocupados, por isso o requerimento de convocação. Precisamos de resposta, saber o que dizer para a sociedade. É preciso que as autoridades prestem esclarecimentos não só para nós, mas para a sociedade. Temos autonomia para convocar e assim faremos e aguardamos a sociedade civil para que venham sanar suas dúvidas e fazer suas cobranças”.

Leia também:  Taques diz que não descarta disputar reeleição

A reunião ficou marcada para terça-feira, 13 de junho, com início às 8 horas, na Câmara de Vereadores, localizada na avenida Cafelândia, 434, bairro La Salle. 

AINDA NA OPORTUNIDADE

O vereador Rodrigo da Zaeli aproveitou para parabenizar o Governo do Estado pelo pagamento de mais de R$ 22 milhões para a saúde de Rondonópolis, que estavam atrasados. Os vereadores estiveram em Cuiabá, no mês de maio, em audiência com o secretário estadual de Saúde, onde solicitaram o pagamento do montante. “Temos que cobrar, mas também que elogiar. Foi um pedido feito pelos vereadores e o Governo do Estado atendeu. A saúde corria o risco de parar e, hoje, está funcionando a todo o vapor”, concluiu.

Leia também:  Taques trabalha aproximação a Jayme
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.