Homens resgatam vítima após ataque com carro bomba no Paquistão - Foto: Reuters/Naseer Ahmed
Homens resgatam vítima após ataque com carro bomba no Paquistão – Foto: Reuters/Naseer Ahmed

Uma série de ataques matou pelo menos 30 pessoas no Paquistão nesta sexta-feira (23).
Um incidente envolvendo um carro-bomba deixou ao menos 13 mortos em um ataque perto de uma unidade da polícia na instável cidade de Quetta, no sudoeste país. Outras duas explosões mataram pelo menos 15 pessoas em Parachinar, no noroeste paquistanês.

Abdul Razzaq Cheema, diretor-geral da polícia da província do Baluchistão, disse à Reuters que aparentemente o agressor detonou um carro com quase 100 quilos de explosivos.
Ao menos 13 corpos foram levados para um hospital, junto com 19 pessoas feridas, disse Wasim Baig, um porta-voz do Hospital Civil de Quetta.
Entre os mortos estão quatro policiais, e nove agentes de segurança ficaram feridos, disse Fareed Sumalan, um médico do hospital.

Leia também:  Jurado do reality "The X Factor" é internado após cair de escada

O Jamaat ur Ahrar, um grupo dissidente do Taliban, reivindicou responsabilidade pelo ataque em uma mensagem enviada à Reuters pelo porta-voz Asad Mansur.
O porta-voz do governo do Baluchistão, Anwar ul Haq Kakar, disse que a explosão aconteceu perto do escritório do inspetor-geral da polícia quando autoridades pararam o carro para inspecioná-lo.

“É possível que o escritório fosse o alvo, ou que os agressores estivessem tentando entrar na base (militar) que fica nas redondezas”, disse.
Mais tarde, duas explosões atingiram a cidade de Parachinar matando 15 pessoas, segundo o funcionário do governo Wazir Khan Wazir. A localidade fica perto da fronteira com o Afeganistão.
De acordo com a Reuters, muitas pessoas estavam no mercado comprando comida para o Iftar, refeição noturna com a qual os muçulmanos quebram o jejum diário durante o mês sagrado do Ramadã, que termina neste final de semana.

Leia também:  Enfermeiro é acusado matar mais de 80 pacientes com doses excessivas de remédio
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.