A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou um aumento no registro de ultrapassagens indevidas nas rodovias de Mato Grosso durante o feriado de Corpus Christi. No total, 208 registros foram feitos esse ano, contra 131 no mesmo período do ano passado, um aumento de 58%.  Entre os dias 14 e 18 de junho, a PRF reforçou o efetivo nos trechos com maior incidência de acidentes nas rodovias de todo o país.

O excesso de velocidade também foi registrado pelos radares, que operaram 91 horas em todo feriado, um aumento de 139%, tendo totalizado 3073 imagens capturadas de veículos trafegando além da velocidade máxima permitida, um aumento de 283% com relação a 2016.

Leia também:  Ao tentar fugir em moto roubada, suspeito de vários assaltos bate em carro parado

Conforme informações da PRF, em MT foram 2058 testes de etilômetro realizados, aumento de 15%, ocasionando em 11 pessoas detidas, um aumento de 82%. Durante a operação 55 motoristas foram autuados por alcoolemia, por constatação e recusa, aumento de 58% e 65%, respectivamente.

No entanto, os acidentes tiveram ligeiro aumento, chegando a 12%, já que este ano foram registrados 39 acidentes em todas as 5 rodovias federais que cortam o estado. Acarretando em 2 mortes, contra uma no ano passado.

Mas, conforme os dados da PRF, em comparação com o último feriado nacional prolongado de 2017, a redução de acidentes e mortos é significativa. No feriado do Dia do Trabalhador, foram 49 acidentes contabilizando 6 mortes. Portanto, houve uma diminuição de 20% e 67%, respectivamente.

Leia também:  Polícia investiga morte de idoso que caiu de ambulância em rodovia de MT

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.