Foi difícil, mas gratificante, esse pode ser o resumo da vitória do União  sobre Sete de Setembro, de Dourados, pelo placar de 2 a 1, pela primeira fase da Série D do Campeonato Brasileiro, neste domingo. O resultado garantiu a classificação do “Glorioso” em primeiro lugar do grupo e mais vai poder decidir em casa a vaga para a terceira fase, que começa na semana que vem.

Os times do Aparecidense e Luiziânia, que estavam na briga com o União, para a classificação, empataram em 3 a 3, dando o segundo lugar do grupo para a Aparecidense.

No  jogo, realizado no estádio Douradão, o União precisava da vitória a todo o custo, e desta forma o técnico Kiko Araújo, colocou o time para cima, apostando no futebol de Calado e Ricardo, que começaram a partida como titular.

Leia também:  Cuiabana sobe pódio do xadrez no nacional dos 'Jogos Escolares'

Logo aos 20 minutos, o Colorado abriu o placar, na cobrança de escanteio de Calado, o atacante Ricardo Ventania, fez  1 a 0.

No entanto, Cacimba ainda deu trabalho para o goleiro Ronaldo do União aos 30 minutos

O União ainda no primeiro tempo aumentou a diferença, aos 36, Maranhão de cabeça faz 2 a 0, o Salvador faz o segundo dele na competição, aproveitando o cruzamento de Calado. Maranhão havia marcado no empate de 1 a 1 na rodada anterior contra o Luiziânia.

Porém o drama do União começou ainda no primeiro tempo, Ricardo Ventania, atacante do União, acabou expulso e deixou o Glorioso com dez homens em campo. “Eu não entendi, porque me deram o cartão”; disse Ricardo, logo após ser expulso.

Leia também:  Seleção brasileira fica no Grupo E estreando o primeiro jogo contra Suíça

No segundo tempo, o Sete de Setembro diminui com Jô, aos 36 minutos, aumentando o drama do Colorado. Os nove últimos minutos foram dramáticos, pois um gol tiraria o União da competição.No entanto, o União se segurou e garantiu a classificação.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.