Um vaqueiro, de 39 anos, é acusado de estupro de vulnerável contra a enteada menor de idade, o homem foi preso pela Polícia Judiciária Civil, no último sábado (10), no município de Pontes e Lacerda (a aproximadamente 660 km de Rondonópolis), em cumprimento de mandado de prisão.

A comunicação do fato ocorreu em março deste ano, quando o padrasto, José Carlos Leite da Silva, passou a ser investigado pela Polícia Civil, pelo crime de estupro de vulnerável. Ele teve a prisão expedida, por cometer violência sexual contra a adolescente. Atualmente, a vítima está com 14 anos e era abusada pelo agressor há cerca de dois anos.

José Carlos acordava a vítima durante as madrugadas e a obrigada fazer comida para ele. Depois, cometia os abusos em um cômodo do lado de fora da residência.

Leia também:  Estelionatário aplica golpe e causa prejuízo R$ 8 mil a morador do Morada do Paraty

Contra a menor, no ano de 2012, o suspeito respondeu procedimento de lesão corporal, diante da comunicação da mãe, que informava que o padrasto tinha agredido a menina, que na época com 8 anos, com um fio de luz. A menina apresentava por diversas partes do corpo sinais da agressão.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.