Apesar do cenário de recessão vivido pelo Brasil nos últimos dois anos ocasionado pela aceleração da inflação, taxa de juros alta, perda de credibilidade do governo, falta de investimentos internacionais e queda de 6,2% apresentada pelo varejo em 2016, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), especialistas apostam na retomada do crescimento econômico.

Em Rondonópolis, o setor de varejo voltou a reagir durante os primeiros meses de 2017.

Advertisements
Leia também:  Anatel rejeita proposta da Oi de trocar multas por investimentos

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.