Imagem: transito
Foto: assessoria

O vereador Professor Silvio Negri (PCdoB) cobra mais uma vez providências em relação ao trânsito da cidade. Na última Sessão Ordinária, realizada na quarta-feira (31), ele teve um requerimento aprovado solicitando que a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito – Setrat encaminhe ao Poder Legislativo os motivos pelos quais o trabalho de adequação de sinalização não está sendo feito.

Desde que tomou posse no Legislativo, Silvio Negri cumpre seu papel de fiscal e durante as visitas que realiza nos bairros e escolas de Rondonópolis tem constatado que a deficiência em relação a modalidade urbana ainda é uma realidade no município. O principal problema encontrado é a falta de sinalização de trânsito vertical e horizontal nos bairros, em especial em frente as escolas, universidades e postos de saúde.

Leia também:  Manifestantes vão pra frente de empresa de Ministro, mas se negam dialogar

De acordo com o vereador, solicitações já foram encaminhadas para a Secretaria pedindo para que providências sejam tomadas em relação a esses problemas.  “Vários pontos da cidade, entroncamentos, ruas e avenidas estão precisando de sinalização horizontal e vertical. Escolas já solicitaram a implantação de faixas de pedestres, placas de sinalização e transformação da rua de mão dupla para mão única. Precisamos que a Setrat comece a atender com urgência essas demandas”, pontuou.

 

Atravesse se puder

Em muitos pontos da cidade a faixa de pedestre está apagada, dificultando a visibilidade do motorista. Nas proximidades da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT e da Escola Técnica Estadual – Secitec os estudantes estão tendo dificuldade em atravessar a rua. Além das faixas apagadas, também há a necessidade de implantar placas de sinalização.

Leia também:  Thiago Muniz cobra prolongamento da Avenida Otaviano Muniz

O vereador Silvio Negri, doutor em geografia e pesquisador de mobilidade urbana, considera importante ampliar o debate sobre o tema, regulamentando ações públicas, como a multiplicação dos fóruns de mobilidade urbana e a melhoria do Estatuto das Cidades.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.