Imagem: Silvio Negri
Foto: assessoria

Durante a Sessão desta quarta-feira (26) da Câmara Municipal de Rondonópolis, o vereador Professor Silvio Negri (PCdoB), cobrou providências da Secretaria de Saúde do Município em relação a falta de profissionais e medicamentos em algumas unidades de saúde.

O vereador usou o espaço da Tribuna Livre para expor as reivindicações de usuários e funcionários. “Estou muito preocupado com a saúde na cidade. Em visita a unidades de saúde constatei que está faltando médicos e medicamentos. No PSF do Jardim Atlântico e Europa, por exemplo, só havia 01 médico para atender toda demanda das duas unidades. Já na policlínica central, além da falta de médicos especialistas, está faltando medicamentos”, esclareceu.

Silvio Negri explica ainda que o município investe hoje na saúde cerca de 28% do que é arrecadado. Tendo em vista que, por lei, o investimento mínimo é de 15%. “Apesar do alto investimento, não estamos constatando melhorias na saúde que, atualmente, possui um déficit de aproximadamente 40 milhões de reais”, pontua o vereador.

Leia também:  Professores são homenageados em Sessão Solene

Os bairros Jardim Atlântico e Jardim Europa contam com duas Unidades de Saúde da Família que funcionam no mesmo prédio. E de acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, dois médicos (clínicos gerais) são responsáveis pelo atendimento dos moradores daquela região. Porém, um dos profissionais está de férias e retorna às atividades a partir de segunda-feira (31). Sobre a falta de medicamentos na policlínica central, a assessoria informou que o estoque está baixo, mas o processo licitatório já foi concluído, os contratos estão sendo assinados e na próxima semana tudo estará normalizado.

Terceirização da Saúde

Outra situação é a terceirização dos funcionários da UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Os contratados estão pedindo demissão em razão dos atrasos no pagamento e também por terem que abrir empresa. Essa situação tem causado inúmeros transtornos para os usuários do serviço público de saúde. Silvio Negri enviou requerimentos à Secretaria de Saúde e aguarda respostas da pasta para resolver ou minimizar esses problemas.

Leia também:  População define infraestrutura como prioridade nos debates da LDO
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.