O condutor ainda estava com R$1.751,00 e seis mil Guaranis, moeda paraguaia e três celulares - Foto: PRF/Divulgação
O condutor ainda estava com R$1.751,00 e seis mil Guaranis, moeda paraguaia e três celulares – Foto: PRF/Divulgação

Um caminhão roubado no estado de Goiás que foi apreendido na ação integrada nesta quinta-feira (20) na BR-163, em Jaraguari, carregava 11 toneladas de maconha, três pistolas de calibre restrito e oito carregadores, além de 499 munições também de calibre restrito.
A abordagem foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em parceria com a Divisão Estadual e Narcóticos do Paraná (Denarc-PR) e a Polícia Militar (PM-MS). Segundo informações da Polícia Civil do Paraná, a carreta tinha a suspeição de estar carregado de droga.
O motorista de 40 anos tinha junto ao corpo uma arma e um carregador pronto para uso. Também estava no veículo um adolescente de 17 anos. De acordo com a polícia, os dois estavam nervosos com a abordagem.

Leia também:  Ex-marido foge após esfaquear grávida durante discussão em São Paulo
Além das armas ,foram aprendidas 499 munições de uso restrito - Foto: PRF/Divulgação
Além das armas ,foram aprendidas 499 munições de uso restrito – Foto: PRF/Divulgação

Os policiais sentiram forte odor de maconha no veículo e iniciaram uma inspeção. No interior da cabine foram encontradas as armas. O condutor ainda estava com R$1.751,00 e seis mil Guaranis, moeda paraguaia e três celulares.
Ele disse aos policiais que pegou o veículo já carregado em um posto de gasolina em Campo Grande e que levaria até a cidade de Camapuã, uma viagem de 126 quilômetros. O passageiro não disse nada.
A droga, veículo e presos foram encaminhados para a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) na capital sul-mato-grossense.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.