Imagem: arma
Arma de fogo usada por casal para ameaçar e agredir grávida foi apreendida pela polícia (Foto: Polícia Civil de mT/Divulgação)

Um casal foi preso nesta segunda-feira (10), em Alto Boa Vista, suspeito de agredir, ameaçar e manter em cárcere privado, por cerca de uma hora, uma mulher que está grávida de sete meses do ex-marido Romário Francisco de Lima, de 20 anos.

Romário, junto com a atual mulher, Cláudia Martins Vasconcelos de Macedo, de 37 anos, tiveram os mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça.Não foi localizado a defesa das vítimas.

Segundo a Polícia Civil, o casal invadiu a casa da vítima no dia 5 deste mês e usaram uma arma de fogo calibre 38 para ameaçar e agredir a ex. A vítima contou à polícia que Romário a amarrou, enquanto Cláudia a agredia com a arma, chegando a colocar o cano do revólver em sua boca e afirmar que iria matá-la.

Leia também:  Jovem faz anúncios de venda em rede social e é presa com 329 latas furtadas de leite em pó em MT

Conforme a polícia, a mulher foi mantida presa dentro de um quarto por cerca de uma hora, sem permissão para ir ao banheiro. Ainda na residência, se encontrava a outra filha da vítima, de 1 ano de idade, que também é fruto da relação que ela teve com Romário.

O caso é investigado pelo delegado Valmon Pereira da Silva, que agora busca esclarecer o crime. Eles devem responder pelos crimes cárcere privado, tortura e lesão corporal.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.