Imagem: idoso avc3b3
Uma relação estreita entre avós e netos traz benefícios para ambas as gerações (Ilustração: Anna Cunha/SAÚDE é Vital)

O ditado diz que os avôs são pais com açúcar, de tantos mimos e gostosuras que eles costumam oferecer aos netos. E essa interação próxima, segundo um estudo da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, chega até a afastar a depressão em quem já passou dos 70 anos.

Os pesquisadores confirmaram que um vínculo forte entre as duas gerações diminui o risco de esse transtorno surgir – aliás, tanto nos mais velhos quanto nos jovens. “O avô fica sabendo das novidades com o neto, que, por sua vez, ganha com o conhecimento e a vivência do idoso”, diz Ligia Py, gerontóloga da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia.

Para o vovô, dar apoio concreto, como presentes e caronas, é essencial. “Ele sente que está contribuindo pra valer na vida do neto”, completa a especialista.

Leia também:  Conheça os sintomas e as consequências do TDAH - Transtorno de Décifit de Atenção com Hiperatividade
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.