Polícia israelense para palestino para inspeção na Porta de Damasco, entrada da cidade velha de Jerusalém - Foto: Amir Cohen/ Reuters
Polícia israelense para palestino para inspeção na Porta de Damasco, entrada da cidade velha de Jerusalém – Foto: Amir Cohen/ Reuters

A Polícia israelense proibiu que homens com menos de 50 anos entrem na Cidade Antiga de Jerusalém e na Esplanada das Mesquitas, impedindo que participem da oração muçulmana desta sexta-feira (21), segundo a France Presse.

“A entrada na Cidade Velha e ao Monte do Templo (Esplanada das Mesquitas para os muçulmanos) fica limitada aos homens de 50 anos, ou mais, e às mulheres de qualquer idade”, anunciou a Polícia, em um comunicado.
Essa medida foi tomada em um momento de grande tensão, após a decisão da Polícia israelense de instalar detectores de metal na entrada desse lugar santo muçulmano. O anúncio foi criticado pelos palestinos.

Palestinos se reúnem do lado de fora da Cidade Velha de Jerusalém após decisão de Israel de barrar o acesso de palestinos com menos de 50 anos -Foto: Ammar Awad/ Reuters
Palestinos se reúnem do lado de fora da Cidade Velha de Jerusalém após decisão de Israel de barrar o acesso de palestinos com menos de 50 anos -Foto: Ammar Awad/ Reuters

O acesso à Esplanada das Mesquitas, terceiro local mais sagrado do Islã, que está no centro do conflito entre Israel e os palestinos, foi fechado pelas autoridades israelenses após um ataque na sexta-feira (14) cometido por três árabes israelenses. O atentado terminou com dois policiais israelenses mortos na Cidade Velha de Jerusalém Oriental.

Leia também:  Vazamento de gás causa explosão em prédio da Colômbia e deixa 26 pessoas feridas

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.