O Instituto Federal de Mato Grosso lançou nessa sexta-feira, dia 07 de julho, o edital nº 59/2017, para o Processo Seletivo 2018/1 com oferta de 2.985 vagas em cursos técnicos integrados ao ensino médio ofertadas pela Instituição, distribuídas em 19 campi 2 núcleos avançados: Campus Cuiabá – Octayde Jorge da Silva, São Vicente, Cáceres – Professor Olegário Baldo, Cuiabá – Bela Vista, Pontes e Lacerda – Fronteira Oeste, Campo Novo do Parecis, Juína, Confresa, Rondonópolis, Sorriso, Várzea Grande, Barra do Garças, Primavera do Leste, Alta Floresta, Tangará da Serra, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Sinop, Guarantã do Norte e, ainda, nos núcleos localizados em Paranaíta e Jaciara.

Os candidatos devem efetuar sua inscrição exclusivamente pelo site da Seleção, no período de 10 de julho a 08 de outubro de 2017. Após preencher o formulário de inscrição e questionário socioeconômico, o candidato deverá imprimir o boleto da taxa de inscrição, no valor de R$ 40,00 e efetuar seu pagamento na rede bancária. No dia 19 de outubro, serão disponibilizadas as relações de candidatos inscritos, assim como o ensalamento para a realização das provas.

Leia também:  Sine oferece mais de 702 oportunidades de emprego em Mato Grosso

A prova do Exame de Seleção 2018/1 será aplicada no dia 29 de outubro, das 14 às 17 horas e 30 minutos, constando de 20 questões na disciplina de língua portuguesa e 20 questões na disciplina de matemática. A publicação do gabarito ocorrerá no dia 30 de outubro de 2017, neste endereço eletrônico.

As provas podem ser realizadas em 22 cidades do estado de Mato Grosso, dentre as quais o candidato deverá optar no ato da inscrição. A divulgação dos locais de realização da prova (nome do estabelecimento, endereço e sala) será divulgado na listagem a ser publicada no dia 19 de outubro de 2017.

O resultado do Processo Seletivo será publicado no dia 11 de dezembro de 2017, no site da instituição, cinco listas, contendo 50%, por curso e turno, dos candidatos da listagem geral que foram aprovados no processo seletivo; nas outras quatro listas, constarão os nomes dos candidatos aprovados que se inscreveram como cotistas, por curso e turno.

Leia também:  Prefeitura de Juscimeira decreta luto oficial de três dias pela morte do Dr. Esmeraldo

O período de matrículas para os candidatos aprovados em primeira chamada será de 08 a 12 de janeiro de 2018, na Secretaria Geral de Documentação Escolar do Campus para o qual o candidato se inscreveu. A segunda chamada será divulgada no dia 18 de janeiro de 2018 e o período de matrículas é previsto para o período entre 23 e 26 de janeiro de 2018. Caso seja necessário, mas chamadas serão realizadas, sempre publicadas no site da Instituição.

Isenção de pagamento da taxa de inscrição

Os candidatos interessados poderão solicitar a isenção de pagamento de taxa de inscrição, no período de 10 a 20 de julho de 2017. Ao solicitar a isenção, é necessário atender aos pré-requisitos: ter estudado todo o ensino fundamental rede pública de ensino (municipal, estadual ou federal); não ter estudado na rede particular, a não ser como beneficiado por bolsa integral de estudos; comprovar residência em Mato Grosso; comprovar renda familiar não superior a 2 (dois) salários-mínimos e preencher o formulário de inscrição e questionário socioeconômico no site da Seleção. Após realizar sua inscrição no site, o candidato à isenção deverá protocolar (entregar) os documentos comprobatórios requisitados no Edital, no Campus para o qual se inscreveu.

Leia também:  Famílias de 10 municípios recebem cartão Pró-Família

Sobre a reserva de vagas

Em conformidade com legislação citada no edital nº 59/2017, o IFMT estabelece a reserva de vagas, de 50% (cinquenta por cento) em todos os cursos e turnos, para candidatos que tenham cursado Ensino Fundamental na Rede Pública de Ensino: Municipal, Estadual ou Federal, observadas as seguintes condições:

  • 50% (cinquenta por cento), das vagas reservadas a cotistas, serão destinadas a candidatos com renda bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, isto é, R$1.405,50 (mil quatrocentos e cinco reais e cinquenta centavos), das quais 62% (sessenta e dois por cento) serão preenchidas por candidatos que se declararem no ato da inscrição, Pretos, Pardos e Indígenas (P.P.I) e também por pessoas com deficiência.
  • Já os 38% (trinta e oito por cento), serão destinados a candidatos concorrentes que não se autodeclararem, pretos, pardos ou indígenas (P.P.I).
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.