Dez mil pessoas foram obrigadas a deixar suas casas no departamento de Var, no sul da França, entre a noite de terça (25) e a madrugada desta quarta-feira (26), de acordo com o jornal “Le Monde”.
Dois mil bombeiros foram mobilizados para conter vários incêndios florestais no sudeste da França e na ilha da Córsega, que já destruíram mais de quatro mil hectares desde segunda-feira (24), segundo a France Presse.

Fumaça sobre a floresta perto de La Londe les Maures, na Riviera Francesa, podia ser vista à distância nesta quarta feira - Foto: Claude Paris/ AP
Fumaça sobre a floresta perto de La Londe les Maures, na Riviera Francesa, podia ser vista à distância nesta quarta feira – Foto: Claude Paris/ AP

Na noite de terça, a maioria dos incêndios estava controlada, mas a situação continuava preocupante e era agravada pelas fortes rajadas de vento. O sudeste da França sofre uma severa seca há várias semanas.
Além dos moradores que estavam com as casas ameaçadas, os acampamentos com turistas que aproveitam as férias de verão na região também foram esvaziados. A população local costuma dobrar nesta época do ano.

Leia também:  Morador de rua que socorreu várias vítimas de ataque em Manchester recebe de presente casa própria

Um balanço provisório, segundo “Le Monde”, indica que dos pouco mais 4 mil hectares atingidos, 1,8 mil estavam na Ilha de Córsega.
Ao menos sete bombeiros tiveram ferimento leves e outro sofreu queimaduras de segundo grau, e 15 policiais foram intoxicados pela fumaça, informaram as autoridades.

A França pediu ajuda aos países vizinhos para conter o incêndio. “A França solicitou dois aviões Canadair no âmbito da ajuda europeia” para conseguir extinguir estes incêndios alimentados pelas fortes rajadas de vento, anunciou à AFP o diretor-geral da Segurança Civil, Jacques Witowski.
Na terça-feira à tarde, um primeiro avião emprestado pela Itália chegou à Córsega, anunciou a prefeitura no Twitter.

Leia também:  Mãe luta na justiça para que aparelhos hospitalares sejam deligados e filha possa morrer
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.