Imagem: IMG 3745 conferenciaAnalisar, avaliar e deliberar as diretrizes para o financiamento e a gestão do Sistema Único de Assistência Social (Suas). Esse é o objetivo das conferências de Assistência Social. As reuniões com a participação de gestores, usuários dos serviços, conselheiros municipais da assistência social e técnicos de entidades que prestam serviços sócio assistenciais são realizadas até a próxima segunda-feira (31.07). Os resultados desses encontros serão discutidos na Conferência Estadual em outubro.

Ao todo, 130 municípios realizaram as conferências municipais em Mato Grosso com a orientação e apoio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) em parceria com o Conselho Estadual de Assistência Social (Ceas).

A Setas enviou técnicos para liderarar eixos temáticos, realizar palestras e mediar discussões. Com o apoio da Setas e da Secretaria de Estado de Ciências, Tecnologia e Inovação (Secitec) o Ceas orientou por meio de vídeos disponibilizados no youtube.

Leia também:  Governo do Estado rompe definitivamente negociações com o Consórcio VLT Cuiabá

O secretário adjunto de Assistência Social, José Rodrigues, participou de alguns encontros municipais na Baixada Cuiabana, a exemplo de Cuiabá e Chapada dos Guimarães. “Possuímos grande demanda, muitos serviços e todos são prestados de forma gratuita a população. Muitas vezes os municípios não contam com outras redes de assistências, mas tem um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e é lá que a população procura auxílio. Por isso, precisamos dialogar para encontrar soluções e garantir o aprimoramento da rede”,comenta

Os encontros técnicos municipais irão subsidiar a XII Conferência Estadual de Assistência Social está programada para os dias 25,26 e 27 de outubro de 2017, em Cuiabá.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.