Imagem: Bezerra e Temer
Foto: reprodução

Em um levantamento feito pelo O Globo, os dois deputados federais de Mato Grosso, Carlos Bezerra (PMDB) e Fábio Garcia (PSB), que fazem parte da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), tiveram a intenção de voto divulgada no caso da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB) por corrupção passiva.

Bezerra já era esperado que seria contra a abertura do processo, afinal além de ser do mesmo Partido que o presidente, possui uma boa relação desde antes da presidência. Já Garcia afirmou estar indeciso sobre o seu voto neste caso, isso porque o deputado deve estar mais cauteloso, afinal o seu último voto a favor de medidas polêmicas propostas por Temer, acabou lhe rendendo a destituição do cargo de presidente estadual do PSB (leia aqui).

Leia também:  Depois de projeto ser barrado, vereadores caem na real

Entre os 66 membros da CCJ, 21 se manifestaram a favor do recebimento da denúncia, seis contrários, 12 indecisos e 27 não responderam. São necessários 342 votos dos deputados, que representam dois terços dos 513 parlamentares, para que o procedimento seja instaurado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.