O prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) deu o passo inicial para licitar o serviço de táxi em Rondonópolis, prova disso foi o projeto enviado à Câmara pelo Poder Executivo, que garante que toda a concessão de táxi em Rondonópolis, deverá obrigatoriamente passar por um processo licitatório.

O projeto, inclusive foi aprovado pela Câmara, e já foi sancionado pelo prefeito. A proposta, no entanto, não prevê mudanças nas vagas já concedidas pelo Poder Público, via decreto, como aconteceu no passado. As 44 novas vagas concedidas pelo ex-prefeito Percival Muniz (PPS) no final de 2016, por exemplo, estão mantidas nos moldes anteriores à Lei envidada para a Câmara.

A medida prevê a necessidade de mais 15 vagas que serão criadas e distribuídas aos interessados por meio de licitação. A outorga para a licitação deve ficar na casa dos R$ 15 mil e prevê o direito de exploração do serviço pelo vencedor do processo por 240 meses improrrogáveis, cabendo apenas um motorista permissionário pela nova Lei.

Leia também:  Delegado Claudinei Lopes completa 10 anos de atividade policial em Rondonópolis

Os novos táxis que serão licitados deverão todos ter quatro portas, da cor branca e com ar condicionado, os veículos deverão ter no máximo cinco anos de utilização.
Imagem: taxi

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.