Seis homens foram presos em flagrante após invadirem uma agência bancária em Iguape, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo, nesta quarta-feira (5). Um dos suspeitos é policial militar, locado na Grande São Paulo. Ele foi levado para a Corregedoria da corporação.

O policial foi levado para a Corregedoria da corporação. - Foto: Reprodução/TV Tribuna
O policial foi levado para a Corregedoria da corporação. – Foto: Reprodução/TV Tribuna

Segundo a Polícia Militar, a quadrilha invadiu o imóvel após serrar a grade de uma janela nos fundos do banco. Assim, o grupo conseguiu acessar os cofres e os caixas eletrônicos.
Os criminosos chegaram a abrir um dos cofres, mas só encontraram documentos e as armas dos vigias. Partiram, então, para o segundo, que continha o dinheiro. A ação só não foi concluída porque a PM chegou, após ser acionada por um segurança, que foi avisado por meio do sistema de monitoramento da agência.

Leia também:  "A situação é a mais desumana possível porque as crianças estavam sujas, machucadas e com fome”

Dos seis homens detidos, quatro são de São Paulo e dois de Joinville (SC). Um deles foi identificado como o cabo PM Afonso de Morais Junior, que atua no município de Embu das Artes, na Região Metropolitana de São Paulo. Ele negou envolvimento com o grupo. Um outro integrante da quadrilha já possuía passagem na polícia pelo mesmo crime.

Eles estavam divididos em três carros, que foram apreendidos. Também foram localizados diversos equipamentos elétricos, ferramentas, alicates para cortar cadeados, cordas e barras de ferro. Todo o material foi encaminhado, juntamente com os suspeitos, para a Delegacia Sede da cidade, onde o caso foi registrado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.