Policial retira manifestante que bloqueava rua em Hamburgo - Foto: Hannibal Hanschke/ Reuters
Policial retira manifestante que bloqueava rua em Hamburgo – Foto: Hannibal Hanschke/ Reuters

Manifestantes voltaram a ocupar as ruas de Hamburgo, na Alemanha, nesta sexta-feira (7), no início da Cúpula do G20. Pelo segundo dia consecutivo, os ativistas protestam contra o encontro dos chefes de governo das 20 maiores economias do mundo.

Um grupo tentou entrar na área bloqueada perto da sede do encontro e outros se espalharam pela cidade para tentar impedir o acesso à cúpula.
Há registro de confrontos com a polícia, que usou água para dispersar os manifestantes, de acordo com a CNN. Carros foram incendiados no bairro de Altona. Não há informações sobre feridos. A polícia pediu reforço por causa dos protestos, de acordo com a France Presse.

Leia também:  Australiano que matou os filhos para se vingar da mulher é condenado a prisão perpétua

Segundo a Efe, foram registradas umas ações para sabotar a circulação dos trens. A polícia detectou a presença de objetos sobre os trilhos em uma estação de trem, atrapalhando o tráfego ferroviário.
Ainda de acordo com a agência, a primeira-dama dos EUA, Melania Trump, foi temporariamente impedida de sair da residência na qual está hospedada. Ela e o marido estão na casa de hóspedes do governo da cidade-estado de Hamburgo, uma mansão à beira mar.
“Por enquanto, não temos permissão de segurança para deixar o local”, explicou uma porta-voz da primeira-dama citada por meios alemães.

Ela participa, assim como os outros acompanhantes dos líderes, de um programa de atividades organizado por Joachim Sauer, o marido da chanceler alemã, que lhes preparou uma excursão de barco no porto de Hamburgo e uma visita a um centro de investigação sobre o clima.
Na quinta-feira (6), violentos protestos deixaram ao menos 111 policiais e um número indeterminado de manifestantes feridos, segundo a Efe. A polícia deteve 44 pessoas.

Leia também:  Coca-Cola vai pagar mais de R$ 3 milhões para quem encontrar alternativa ao açúcar
Carro é incendiado durante protesto contra cúpula do G20 - Foto: Hannibal Hanschke/ Reuters
Carro é incendiado durante protesto contra cúpula do G20 – Foto: Hannibal Hanschke/ Reuters

De acordo com a France Presse, a polícia de Hamburgo pediu apoio suplmentar para “aliviar” seus efetivos. Forças de toda a Alemanha estão concentradas no local, assim como soldados da Áustria.
Unidades da polícia de choque de Berlim e da região de Schleswig-Holstein indicaram que preparam o envio de centenas de agentes para Hamburgo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.