O emprego formal fechou com o saldo positivo em Rondonópolis e superou o resultado de Cuiabá no 1º semestre. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados ontem (17) mostram que nos seis primeiros meses de 2017, Rondonópolis gerou 1.521 novos empregos e já Cuiabá no mesmo período registrou a criação 819 vagas.

No mês passado foram criadas 255 novas vagas de emprego em Rondonópolis enquanto que em Cuiabá esse número chegou a apenas 93.

Durante o mês de junho, Rondonópolis empregou 2.595 pessoas e demitiu 2.340, o que gerou o resultado de 255 admissões. Já em Cuiabá, foram gerados 6.292 empregos em junho, só que de contrapartida 6.199 pessoas foram demitidas, ou seja, foram criadas apenas 93 novas vagas.

Leia também:  Mutirão Fiscal acontece na Prefeitura de 16 a 31 de outubro

O setor que mais empregou com carteira assinada em Rondonópolis desde janeiro foi o de Serviços com o total de 774 admissões. Em seguida ficaram os setores da Construção Civil e Indústria de Transformação com 413 e 321 admissões, respectivamente.

O Comércio ficou responsável pelo maior número de demissões que chegaram ao total negativo de 128.

Na Capital o setor que mais se destacou também foi o de Serviços que contratou 895 pessoas no 1º semestre. E o setor que mais demitiu foi o do Comércio com a baixa -698.

Em todo o estado, de janeiro até junho, foram gerados 18.113 empregos com carteira assinada. O setor que mais gerou emprego em Mato Grosso até o mês passado foi o da Agropecuária com o saldo de 2.614 admissões.

Leia também:  "A gente avisou sobre o fechamento da UTI Pediátrica" diz, direção da Santa Casa
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.