Imagem: PM
Soldado Elias/CCSMI-PMMT

Internado há quase um mês na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), o sargento da Polícia Militar (PM), Jorge Roberto e Silva, de 42 anos, faleceu na manhã deste sábado (15). Ele foi encaminhado no dia 17 de junho para o Hospital Jardim Cuiabá após se envolver em uma troca de tiros que resultou na morte do soldado Kennedy Campos, 25. A situação foi registrada no bairro Tijucal, em Cuiabá.

O tiroteio aconteceu depois que o jovem tomou conhecimento sobre um roubo em Barão de Melgaço. Suspeitando que os criminosos estariam na região, acabou abordando o veículo no qual estava o sargento. Este, por sua vez, achou que a situação se tratava de uma tentativa roubo e reagiu. Kendy foi atingido por um disparo no peito e morreu ainda no local.

Leia também:  Após desobedecer ordem de parada, motociclista é preso com arma de fogo

À época a PM classificou o episódio como “lamentável”. A situação é investigada pela instituição por meio de Inquérito Policial Militar (IPM) cuja instauração está sob a responsabilidade da Corregedoria Geram da PMMT. A corporação expressa ainda pesar pelo falecimento de Jorge e garante que seus familiares são acompanhados por uma equipe da Assistência Social.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.