O Gabinete de Apoio à Segurança Pública ainda não teve um destino definido pelo prefeito Zé Carlos do Pátio (PMDB). O Gasp apesar de ainda existir no papel pode ser extinto pelo prefeito, que não viu a necessidade de manter a estrutura atual.

O Gasp foi criado na gestão do ex-prefeito Ananias Filho e tinha como responsável o coronel do Corpo de Bombeiros Vanderlei Bonotto. Na gestão de Ananias,  o setor era na verdade uma Secretaria e trabalhava lado ao lado com os órgãos de segurança.

Percival Muniz assumiu em 2013 e alterou a estrutura diminuindo as funções, deixando o Gasp responsável pela segurança das unidades do município e nos eventos.

O prefeito Zé do Pátio pode até manter o Gasp, mas na forma de departamento, dentro da estrutura da Secretaria de Governo e com um tamanho menor. Enquanto, uma decisão não é tomada, a Secretária de Governo, Mara Gleibe Fonseca, responde de forma interina pelo comando do Gabinete. 

 

Leia também:  Antônio Joaquim deixa o Tribunal e se prepara para 2018
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.