Imagem: Thiago Silva
Foto: assessoria

O vereador Thiago Silva (PMDB) apresentou na última sexta-feira (30) o projeto Cidadão da Paz, que tem como objetivo envolver a comunidade na observação de pequenas ações que podem prevenir delitos, com a participação ativa da população na identificação e caracterização de problemas relativos à segurança pública, criando uma rede de informação qualificada.

Através de um número único, a população informará situações problemáticas – atitudes suspeitas na via pública, ou qualquer outra situação que impacte na segurança pública, como uma rua com iluminação ruim ou com lâmpadas queimadas etc.

No projeto Cidadão da Paz, um morador da região, que será devidamente qualificado, poderá informar que uma copa de árvore está bloqueando a iluminação ou que um carro está abandonado em via pública, contribuindo para tornar mais tranquilo o local onde vive. O repasse das informações será feito, anonimamente, através de número telefônico gratuito ligado diretamente no Gabinete de Apoio a Segurança Pública, para que seja providenciado o encaminhamento das reclamações aos órgãos competentes.

Leia também:  Pátio reconhece problema, mas nega fechamento da Coder

O Prefeito determinará ao gestor do Gabinete de Apoio a Segurança Pública, que institua o regulamento disciplinar do Programa Cidadão de Paz, ouvindo os representantes das comunidades devidamente designados pelas Entidades URAMB, UNISAL e Conselho de Segurança de cada região, as quais poderão indicar três representantes que irá compor o grupo de elaboração do referido regulamento.

Ficará a cargo do executivo criar mecanismos de forma direta e indireta com a população para agilizar a comunicação e integração entre sociedade e agentes de segurança, formação de lideranças comunitárias e multiplicadores do programa, podendo a comunidade implantar alarmes comunitários, reuniões, criar grupos de redes sociais entre a comunidade, Conselhos de Segurança e órgão da segurança pública para identificação de atitudes suspeitas, vigilantes nos bairros e diversas outras ações que trarão mais segurança e tranquilidade as famílias.

Leia também:  Demolição provoca guerra de vídeos nas redes sociais entre suplente e vereador

O Poder Executivo Municipal terá que divulgar a cada período trimestral, um balanço dos atendimentos realizados que servirão de aferição para o norteamento na busca de melhoria dos serviços prestados às comunidades, além de divulgar o projeto em meios de comunicação, grupos de whatsapp etc.

O vereador Thiago Silva destaca que o projeto será um parceiro da comunidade, prefeitura e estado. “ O projeto contribuirá com o Município e auxiliará o Estado significativamente no combate da criminalidade, ajudando a denunciar a violação de direitos e o cerceamento das garantias constitucionais e, a sociedade será uma parceira importante neste processo, uma vez que, com o Gabinete de Apoio a Segurança Pública se colocando em posição de combate e na catalogação dessas informações, estará ajudando a manter as instituições informadas com a contribuição das comunidades”, concluiu Thiago.

Leia também:  Sachetti deve migrar para o DEM com missão de não ser mais um "fila do pão"
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.