Imagem: Thiago Silva
Foto: assessoria

O vereador Thiago Silva (PMDB), defendeu na tribuna da Câmara desta quarta-feira (19) a realização de uma força tarefa entre a  Prefeitura Municipal de Rondonópolis, Intermat, Incra, Defensoria Pública  e Ministério Público para regularização de terrenos em mais de 100 bairros na cidade. “Nossa fala hoje na tribuna foi a respeito da morosidade dessas regularizações, existem famílias que estão aguardando há mais de 30 anos, precisamos olhar por essas famílias que não tem de fato a posse dos seus imóveis dificultando que os mesmos possam fazer melhorias e investimentos, ” enfatiza Thiago Silva.

Hoje temos vários bairros da cidade que possui áreas do poder público e da iniciativa privada para realização de regularização fundiária. Alguns em outras administração já receberam o título mas não conseguiram regularizar, porque o valor é muito alto. Agora a

Leia também:  Ex-prefeito de Diamantino é condenado por nepotismo

Prefeitura está fazendo a regularização e garantido o registro do cartório isto vai ajudar muito para que as pessoas possam ser tornar proprietários por direito. Tem bairros que tem 10 terrenos, outros 01 quadra  e outros todo o bairro precisa ser regularizado.

Através da iniciativa do  Vereador Thiago Silva, a Câmara Municipal aprovou a criação de uma Comissão para debater a regularização fundiária da zonal rural e urbana. Nos próximos dias a comissão estará se reunindo para forma um cronograma de ações no município. “O objetivo desta comissão será levar dignidade social a inúmeras famílias que esperam a regularização há muitos anos, proporcionando melhoria na qualidade de vida das comunidades.”

Recentemente a Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de Rondonópolis realizou Audiências Públicas sobre o Plano Plurianual Anual de 2018/2021 onde foram aprovados R$ 1,6 milhão para a regularização fundiária no município. “Precisamos que esses recursos sejam revertidos de fato para a regularização desses bairros, a comissão vai fortalecer essas discussões junto à comunidade, cobrando da prefeitura agilidade e a destinação prioritária as famílias carentes que não possuem condições de fazer um escritura,” destaca o vereador Thiago Silva.

Leia também:  Augustinho ensaia voltar à política em 2018
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.