Imagem: vereadores Costa Rica
Foto: assessoria

Autoridades de todo o Brasil estiveram reunidas em Bonito-MS durante o “Seminário Nacional de Vereadores”. Marcaram presença no evento, representando a Câmara de Costa Rica-MS, os parlamentares municipais Averaldo Barbosa da Costa (PMDB), Artur Delgado Baird (PSC), Claudomiro Martins Rosa, o Cocó (PSD), Rayner Moraes Santos (PR), e Jovenaldo Francisco dos Santos, o Juvenal da Farmácia (PSB).

O evento foi realizado pela União de Vereadores do Brasil (UVB), em parceria com a União das Câmaras de Vereadores de Mato Grosso do Sul (UCVMS), com início na quarta-feira (28/06) e encerramento na sexta-feira (30/06). Segundo a UVB, aproximadamente 500 pessoas de todo o Brasil participaram do seminário, principalmente vereadores.

O seminário teve como objetivo atualizar os parlamentares de todo país sobre questões que envolvem tanto o Legislativo como o Executivo. Ao longo do encontro, os convidados acompanharam diversas palestras sobre os mais diferentes assuntos.

Na manhã do dia 28, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Waldir Neves Barbosa, abordou o tema “O TCE e Legislativo Municipal”, e junto com sua equipe técnica tirou dúvidas e apresentou esclarecimentos para os participantes. Em sua exposição, Waldir Neves ainda discorreu sobre o papel do vereador dentro da estrutura política do município.

Leia também:  Professores são homenageados em Sessão Solene

Já na parte da tarde foi a vez do procurador da República, Guilherme Schelb, ministrou uma palestra com o tema “Respeito às Leis e a Cidadania” com ênfase na política de gênero que está sendo aplicada nas escolas de todo o país. Para você entender melhor: a ideologia de gênero procura ensinar para estudantes assuntos sobre homossexualidade e bissexualidade. Teóricos da ideologia de gênero afirmam que ninguém nasce homem ou mulher, mas que cada indivíduo deve construir sua própria identidade, isto é, seu gênero, ao longo da vida.

Conforme o vereador Juvenal da Farmácia, Guilherme Schelb explicou que os pais e autoridades precisam estar atentos ao que as crianças e adolescentes aprendem na escola, refutando veementemente as crenças pregadas pela ideologia de gênero. O palestrante defendeu que professores não podem adotar práticas e nem ensinamentos que comprometam a orientação ou o amadurecimento sexual de um aluno.

“É ilegal, inconstitucional o professor promover a ideologia de gênero em sala de aula. Não apenas, uma violação dos direitos desses alunos – crianças em desenvolvimento sendo expostas a temas complexos e abusivos ao seu entendimento – como também uma violação ao direito da família. E mais: isso também é uma violação aos direitos do professor, porque ele está sendo desviado da sua função de educador, para ser levado a ministrar temas morais e sexuais, que a lei não autoriza a escola a fazer. Isso promove, na verdade, é a erotização das crianças.”, argumenta o procurador.

Leia também:  Servidores da Coder pedem socorro à Câmara de Vereadores

O segundo dia do seminário contou com palestras da vice-governadora Rose Modesto (PSDB) e do senador Pedro Chaves (PSC). Entre os assuntos abordados pelos dois políticos sul-mato-grossenses, tiveram destaque a importância de resgatar a dignidade no setor político; as novas regras eleitorais; e a necessidade de atuação da união dos vereadores na luta pela maior participação dos municípios na divisão de receitas.

Rose participou do encontro representando o governador Reinaldo Azambuja, que estava fora do Estado. “Acho que um político que talvez não teve a experiência de poder ser vereador, não vai poder, ao final de sua vida pública, considera-la completa. Tudo acontece no município, tudo é lá e eu como professora, lamento muito saber que as pessoas ainda não tenham condições de entender de fato, qual é a prerrogativa de cada representante, cobrando do vereador o que seria responsabilidade do Executivo”, argumentou ela.

Leia também:  PF encontra dinheiro em apartamento do ex-ministro Geddel

O vereador Averaldo Barbosa avaliou positivamente o seminário e destacou as palestras de Rose Modesto e Pedro Chaves. “Foi um evento bastante proveitoso. Nós vereadores participamos com muita vontade mesmo de aprender e trazer inovações para Costa Rica. E foi bem destacado pelo senador Pedro Chaves e pela vice-governadora Rose Modesto o número de vezes que os vereadores de todo o estado os procuram em busca de recursos (financeiros). Isso demonstra que nós estamos no caminho certo, que nós não podemos apenar ficar aqui sentados nos nossos gabinetes, porque eles (autoridades estaduais e federais) não vão adivinhar o que o município está precisando”, explicou Averaldo.

O seminário aconteceu no auditório do Hotel Zagaia, em Bonito, e também contou com a presença do presidente da UCVMS, Jeovani Vieira dos Santos, e do presidente da UVB, Gilson Conzatti.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.