A bancada de Mato Grosso votou em peso contra as denúncias ao presidente Michel Temer, na sessão desta quarta-feira (2), da Câmara dos Deputados. A Câmara se decidiu contraria sobre a autorização para que o STF (Supremo Tribunal Federal) possa analisar a denúncia por corrupção contra o presidente Michel Temer (PMDB) apresentada pela PGR (Procuradoria-Geral da República), as denúncias tiveram como base as deleções premiadas dos dirigentes da JBS.

O único parlamentar de Mato Grosso que votou favorável a autorização para que o STF analisasse a denúncia foi o petista Saguás de Moraes; os ex-prefeitos de Rondonópolis, Carlos Bezerra (PMDB) e Adilton Sachetti (PSB) foram contrários às denúncias.  Victorio Galli (PSC), Nilson Leitão (PSDB), Ezequiel Fonseca e o suplente Rogério Silva (Pros) também votaram com restante da bancada.

Mato Grosso
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.