Nenhuma ocorrência de afogamento foi registrada pelo Corpo de Bombeiros Militar, no Festival de Praia de Barra do Garças, que atraiu cerca de 100 mil pessoas à cidade. Para evitar os acidentes, o Corpo de Bombeiros realizou intenso trabalho de prevenção com banhistas e embarcações nos 32 dias de festival, que começou em 28 de junho.

Ao todo, foram realizadas 910 orientações preventivas nas praias dos rios Garças e Araguaia.

Para evitar os acidentes, o Corpo de Bombeiros realizou intenso trabalho de prevenção com banhistas e embarcações nos 32 dias de festival -Foto: Reprodução
Para evitar os acidentes, o Corpo de Bombeiros realizou intenso trabalho de prevenção com banhistas e embarcações nos 32 dias de festival -Foto: Reprodução

Desse total, 821 orientações foram aos banhistas e 89 aos condutores e passageiros de embarcações, como jet ski e lanchas. “Acredito que o trabalho preventivo foi importante para alcançarmos este resultado”, disse o comandante da 1ª Companhia Independente do Corpo de Bombeiros Militar, 1º tenente BM, Bruno Iop Rebouças.

Leia também:  Chega ao 3º dia as buscas pelo avião desaparecido com casal e filho

Outro fator importante, segundo o militar, foi a inclusão de 20 novos soldados nas unidades da cidade, que permitiu a ampliação do trabalho na região. Com a inclusão, os militares conseguiram atuar também no festival de praia de Araguaiana, que não registrou nenhuma ocorrência de afogamento.

O governador Pedro Taques chamou no período de dois anos, 450 novos soldados para o Corpo de Bombeiros. Entre 2004 e 2014 ingressaram apenas 75 soldados na corporação.

“Se não tivéssemos essa inclusão, não teríamos efetivo para atender outra cidade. A chegada dos novos soldados auxiliou para que mais bombeiros estivessem trabalhando na linha de frente diminuindo os prejuízos à sociedade”, disse Rebouças.

Leia também:  Fórum Sindical pede para MPE afastamento de deputados delatados

Para os trabalhos, o Corpo de Bombeiros montou uma base na praia da Arara e utilizou uma embarcação para o trabalho de rondas aquáticas pelos rios. Além disso, os militares também passaram por um treinamento para aperfeiçoar as técnicas de salvamento aquático e de atendimento pré-hospitalar as vítimas de afogamento.

Mesmo com o final do período oficial de festival de praia, o trabalho do Corpo de Bombeiros ainda continua nas praias. O comandante disse que os trabalhos de prevenção e rondas serão realizados enquanto os rios estiverem baixos. “Mesmo que não tenha mais o evento, a população continua tomando banho nas praias. Por isso, ainda estamos fazendo várias rondas cobrindo os rios Garças e Araguaia”, disse.

Leia também:  Moradores ficam apavorados com tempestade de areia que se formou em Campo Verde
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.