Imagem: a apescadobarra
Operação apreendeu 104 tartarugas e 15 kg de pescado irregular (Foto: Sema/Divulgação)

Cento e quatro tartarugas foram apreendidas durante nove dias de operação contra pesca predatória e caça ilegal, ao longo dos Rios Araguaia e Cristalino, localizados entre os municípios de Barra do Garças, Araguaiana, Cocalinho, São Félix do Araguaia e Luciara. De acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), a fiscalização ocorreu entre os dias 20 e 29 de julho e foi divulgada nesta terça-feira (1º).

Também foram apreendidos durante a ação: quatro barcos, um motor de popa, três motores, 41 galões, seis linhadas para captura de tartarugas, três tarrafas, 11 redes, 104 tartarugas, uma arma de fogo, 6,51 kg de carne de animal silvestre e 15,2 kg de pescados diversos. As tartarugas estavam vivas e foram soltas no rio.

Também foram feitos seis autos de infração e seis autos de inspeção. A lei estabelece punição de R$ 700 a R$ 100 mil para este tipo de pesca irregular.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.