Thiago Junior da Silva Vilela, 29 anos, que morreu após ser baleado na noite deste domingo (6), no Jardim Ipiranga, em Rondonópolis (MT) já tinha sido preso no mês de fevereiro, acusado de estuprar uma adolescente de 15 anos em uma casa abandonada no Jardim Serra Dourada. Na época, ele foi detido junto com André dos Santos Barbosa, 28 anos, também acusado de participar do crime.

Testemunhas informaram que Thiago estava seguindo para casa após sair da igreja, quando dois indivíduos em uma motocicleta se aproximaram e um dos suspeitos atirou. Quatro disparos de arma de fogo foram ouvidos pelos populares e Thiago morreu ainda no local do crime.

Leia também:  Servidores são investigados por adulteração no sistema de monitoramento eletrônico

Conforme a equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (SAMU) os tiros atingiram a região do tórax do rapaz. O caso está sendo investigado pela Polícia.

LEIA MAIS 

Adolescente de 15 anos é estuprada por dupla armada em casa abandonada

Dupla acusada de estuprar adolescente de 15 anos é presa pela PM

Após sair de igreja, jovem de 29 anos é baleado e morre no Jardim Ipiranga

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.