Bom dia, boa tarde, boa noite, boa madrugada para vocês, meus queridos leitores,  é sempre bom “vê-los” por aqui, quando fui convidado para assumir essa coluna não tinha ideia de quão poderosa e influente esse espaço era.

Pelo que escrevi aqui construí poderosos inimigos e alguns amigos, me aconselharam a falar só sobre temas sem sal e sem açúcar, um amigo meu, multi milionário, do tipo que namora modelos e tem avião, me deu um conselho; nunca bata nas instituições.

Pois bem, mais uma coluna, e vamos bater hoje em uma instituição falida, chamada desarmamento, essa instituição, política pública criminal, que ia salvar o Brasil da violência, porque se tem menos armas, teria menos violência certo?

Vou contar para vocês um pequeno caso que aconteceu comigo. Esse fim de semana, fui visitar alguém que amo muito, uma mulher poderosa e muito influente no circulo cuiabano, uma pessoa honesta e de bem, que vinha me reclamando que um garoto havia saído da cadeia e estava roubando no condomínio onde ela mora.

Leia também:  Bolsonaro e Lula absolvidos | Entendendo Direito

Perguntei a ela , se ela tinha certeza, e ela disse que é só o garoto sair da cadeia, voltar ao condomínio, que apartamentos são arrombados e mobílias inteiras somem.

Resultado “conversando” com esse ‘ladrão’ apliquei-lhe uma forte massagem relaxante nos ombros, barrigas, e pernas, e convenci ele a não roubar mais nada no condomínio.

O que vocês acham que aconteceu, as pessoas do condomínio ficaram felizes com a minha atitude?

Não, fizeram uma assembleia e eu estou proibido de entrar lá, o sindico me ligou explicando que provavelmente agora que eu massageei o ‘ladrão’, ele se armaria e tocaria o terror no condomínio, e que eu não era mais bem vindo lá.

Moral da História, os ladrões podem se armar e continuar roubando, e aterrorizando um condomínio com mais de cem famílias, porque o cidadão de bem sempre vai estar desarmado, um garoto de 19 anos, porque passou uma temporada de 6 meses na cadeia, por furto, pensa que é o Pablo Escobar.

Leia também:  Lei Maria Da Penha fica ainda mais “dura” | Entendendo Direito

Vamos entender porque o desarmamento é uma causa direta da violência no Brasil e na nossa região sul de Mato Grosso.

A lei No 10.826,  DE 2003 diz:

Art. 6o É proibido o porte de arma de fogo em todo o território nacional, salvo para os casos previstos em legislação própria e para: 

Agora eu lhe pergunto, o pequeno meliante que vai se armar porque não quer parar de roubar o condomínio, ele vai respeitar essa lei?

O grande problemas de leis desarmamentistas é que ela só desarma boas pessoas, as pessoas más não cumprem a Lei. Pergunte um dia a pessoa que vai lhe assaltar, já que grande parte da população na região sul do estado já passou por essa situação:

Leia também:  O Uber ficará em Rondonópolis | Entendendo Direito

“mas escuta senhor ladrão, é proibido o porte de armas em todo o território nacional”

Só quem esta desarmado é o cidadão de bem. Imaginem a sensação de impotência que devem sentir essas famílias do condomínio que falei; 100 famílias reféns de um garoto de 19 anos que vai continuar furtando e que agora passará a andar armado, para não receber mais “massagens” de cidadãos indignados.

O Senado federal colocou uma enquete no site https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=128456

Onde você pode votar se apoia o fim do estatuto do desarmamento ou não, participem, sejam cidadãos conscientes e façam parte da mudança.

 

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.