Rodovias federais atravessam o estado de Mato Grosso, vão receber reforço na fiscalização a partir desta quarta-feira (11) seguindo até a noite de domingo (15), durante a Operação 12 de Outubro.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a expectativa é o aumento do fluxo de veículos nas rodovias durante esse feriado prolongado em comemoração aos Dia das Crianças e de Nossa Senhora Aparecida.

Segundo a PRF, o reforço será concentrado no policiamento ostensivo preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes fatais e de criminalidade, conforme dados estatísticos consolidados pela instituição.

A imprudência frequente está associada a acidentes graves, ceifando muitas vidas. Somente no último feriado, no Brasil, foram registradas mais de 45 mil infrações de trânsito nas rodovias federais. Dessas, cerca de seis mil foram de ultrapassagens irregulares, 3.068 condutores sem cinto de segurança e 977 motoristas dirigindo após ingerir bebida alcoólica.

Leia também:  Corte de árvores garante mais segurança nas rodovias

A Operação 12 de Outubro terá foco na educação e prevenção ao excesso de velocidade, uso do cinto de segurança, transporte seguro de crianças, alcoolemia ao volante, ultrapassagens proibidas, segurança dos usuários de motocicletas ou ciclomotores e condições de conservação do veículo.

No último feriado prolongado em Mato Grosso, no 7 de setembro, foram registradas cinco mortes e 48 acidentes. Outras 28 pessoas tiveram ferimentos leves e 8 se feriram com gravidade.
Restrições

O trânsito de Combinações de Veículos de Cargas (CVC), portando Autorização Especial de Trânsito (AET), de Combinações de Transporte de Veículos (CTV) e Combinações de Transporte de Veículos e Cargas Paletizadas (CTVP), portando ou não a AET, bem como o trânsito dos demais veículos portadores de AET, ficará restritos aos seguintes dias e horários: dia 12/10, das 6h às 12h; dia 15/10, das 16h às 22h.
CUIABÁ

Leia também:  Trabalhadores da assistência social aprovam Programa Pró-Família
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.