Imagem: Foto Biblioteca Manoel Severino
Biblioteca – Foto: assessoria

Fazer da biblioteca um espaço não apenas de leitura, mas também de encontro para diálogos que promovam o pensar sobre temas da sociedade atual. Com esse objetivo, a Prefeitura de Rondonópolis, por meio da Secretaria Municipal de Cultura (Secult) em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e a Pastoral da Sobriedade, realizou, na manhã de sexta-feira (06), na Biblioteca Manoel Severino da Silva, uma Manhã de Palestras.

O projeto denominado “Formação humana e intelectual na biblioteca” foi idealizado pela equipe do Núcleo de Bibliotecas da Secult e é baseado no conceito de que a biblioteca deve funcionar não apenas como um local de leitura e estudo, mas também de debates e reflexão sobre temas inquietantes do mundo moderno.

Leia também:  Abastecimento de água continua setorizado em 6 bairros de Rondonópolis

“A biblioteca deve ser utilizada também como um ambiente onde ocorram rodas de conversas e vivências que estimulem questionamentos e busca de soluções para os desafios que a vida em sociedade nos apresenta. Deve ser um lugar onde o pensar é exercitado e a troca de ideias acontece para a busca de resultados positivos sobre questões levantadas e a superação de desafios”, afirma Valtuíra.

Nesta primeira edição do projeto, 78 alunos, entre 11 e 17 anos, da Escola Estadual Francisco Barros de Carvalho assistiram às palestras. O tema escolhido foi “Drogas e gravidez na adolescência”.

“A bibliotecária do colégio identificou nesses adolescentes a necessidade de pensarem sobre essa temática, se instruírem sobre formas de prevenção de gravidez indesejada e como lidar com situações em que a exposição às drogas é presente. Então, convidamos os membros da Pastoral da Sobriedade e a equipe da Secretaria de Saúde para abordarem esses assuntos”, destaca a gerente.

Leia também:  Mata Grande | Jovem é presa ao tentar entrar com droga escondida no sutiã

O secretário de Cultura, Humberto de Campos, avalia positivamente o encontro: “Além de ser uma maneira de valorizar a biblioteca, quando fazemos uma reunião dessa natureza, estamos instigando as pessoas a conhecerem o local e frequentarem-no”.

Ele adianta que já estão sendo programados outros eventos no espaço, como contação de histórias, Café com os Pioneiros, intervenções culturais e apresentação de peças teatrais. “É importante que as pessoas percebam que a biblioteca é um local agradável, de entretenimento, e que deve fazer parte das atividades de sua agenda, do seu roteiro de lugares aonde ir. Afinal, ler um bom livro ou participar de rodas de conversas é uma ótima maneira de ocupar o tempo”, ressalta o secretário.

Leia também:  Meia tonelada de alimentos são entregues para o Lar de Nazaré

Aquelas escolas que desejarem participar do projeto, agendando encontros no espaço e sugerindo temas a serem debatidos, podem entrar em contato com a Secult pelo telefone 3411-5325 ou com a Biblioteca Manoel Severino da Silva pelo número 3411-5173.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.