Olá, esta semana preparei uma matéria cheia de informações importantes para quem tem dúvida na escolha do melhor vidro para aplicar no seu ambiente, ou para quem não se atentou a importância de escolher bem o vidro.

O vidro geralmente é produzido nas indústrias em larga escala e artesanalmente através de uma mistura de substâncias inorgânicas, que é denominada mistura vitrificável. É composto por areia, calcário, barrilha (carbonato de sódio), alumina (óxido de alumínio) e corantes ou descorantes. Esses compostos inorgânicos são triturados, transformados
em pó e misturados nas proporções adequadas. Além disso, nas indústrias, cacos de vidro também são comumente adicionados como parte do processo de reciclagem desse material.

Imagem: Apresentação1

Esses são alguns exemplos de tipo de vidro. O canelado utilizado mais como divisória ou box de banheiro, permitindo assim passagem de luz e dando um pouco de privacidade, já o bisotado tem um efeito mais decorativo e estético, com uso em mesas e janelas. Os que mais ouvimos falar são o temperado que tem uma função de segurança que após receber um tratamento fica mais resistente e quando fragmentado seus estilhaços não possuem pontas, diminuindo assim o perigo, e o vidro laminado, que é o mais resistente deles, pois apresenta uma ou mais camadas de vidro intercalado com uma película plástica.

Leia também:  Lembre-se da tomada!!! Venha conferir a importância do projeto elétrico | Arquitetando Agora

Ao escolher o vidro mais adequado para barrar o som, é preciso conhecer as características do ruído, pois a especificação depende diretamente da identificação da frequência (medida em Hertz – Hz) e da intensidade do som (medida em decibel – dB), além de levar em consideração também o local de aplicação e, principalmente, o desempenho acústico desejado.

Já na preocupação em escolher um material correto voltado para a questão térmica é válido saber que o vidro é um mal condutor de calor, ou seja, quando uma face dele esta recebendo altas temperaturas a outra face leva um tempo até se aquecer. Obviamente quanto maior for a espessura, maior será o tempo do aquecimento do vidro.

E agora alguns exemplos do uso e aplicação do vidro.

Leia também:  O Container | Arquitetando Agora

Imagem: Capturar 2

Imagem: Capturar

Espero que tenha gostado.

Curta, comente e compartilhe! Envie para aquela pessoa que precisa saber dessas dicas e se inspirar!

Até semana que vem.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.